Meio Bit » Arquivos » Indústria » Tendências no mercado de notebooks

Tendências no mercado de notebooks

15/10/2008 às 1:58

Hoje a Apple lançou seus novos notebooks. O que vimos foi menos importante que aquilo que não foi mostrado: inovação. A Apple é renomada por liderar em design e processos de fabricação. Não que o chassis de alumínio dos novos Macbooks não seja interessante e muito bem feito... mas para o consumidor final, eu e você, não importa muito. Importaria se o chassis proporcionasse um corte significativo no peso. O mesmo para o belíssimo trackpad de vidro.

Vejamos o que está acontecendo no mercado de notebooks: updates incrementais, como câmeras embutidas, melhorias pequenas nos trackpads e expansões na memória embutida e disco rígido, ou mesmo melhores chips gráficos. Concordo que são características interessantes, mas que não me fazem pensar em trocar de notebook (sendo que meu já está para completar 2 anos, um Macbook com Intel Core 2 Duo).

O que ocorreu é que qualquer notebook simples hoje roda o sistema operacional (qualquer um dos 3) muito bem. O processador Intel Core 2 Duo e mesmo os AMD são rápidos. Não houve um aumento na demanda de processamento ou memória por parte do sistema operacional, portanto as máquinas de 2-3 anos atrás são suficientes para a grande maioria das tarefas. Tanto é que os netbooks, com hardware "modesto" e preço camarada dão conta e muito bem do que o usuário comum precisa.

Algo que me faria tranquilamente comprar uma nova máquina, por exemplo, é um tempo de bateria maior. Ou então, "boot" mais veloz. Ou um SSD a um preço razoável. Ou um peso final menor. Todas ficaram só na promessa, por enquanto. Ao mesmo tempo em que eu sou um fanático por tecnologia e gosto de trocar de equipamento, estou vendo cada vez menos necessidade *real* de comprar um novo notebook. Para mim, o que faz mais sentido é gastar menos de US$150 e comprar um novo HD de 250Gb ou mais e completar 4 GB de RAM.

E você, o que acha da situação do mercado de notebooks ?

relacionados


Comentários