Meio Bit » Baú » Indústria » Querem acabar mesmo com Steve Jobs

Querem acabar mesmo com Steve Jobs

03/10/2008 às 18:34

Um acontecimento hoje nos Estados Unidos mostrou como apenas uma ou duas pessoas podem afetar tanto uma indústria.

O site da CNN possui uma área chamada iReporter. Nela qualquer usuário pode postar uma notícia ou algo que simplesmente tenha presenciado. Logo cedo, um sujeito escreveu lá que um amigo que trabalho em um hospital havia lhe dito que Steve Jobs teria dado entrada no pronto-socorro com uma forte dor no peito e dificuldades para respirar. "O mago" da Apple teria sofrido um ataque cardíaco.

dori_sjj_03.010.08 Você deve ter pensado: O que tem demais "um zé ruela qualquer" ter escrito qualquer algo sobre o Jobs? A princípio nada. O problema é que o mercado reagiu logo após o "anúncio" e as ações da Apple caíram 10%. Um porta voz da empresa tratou então de dizer à Reuters que o incidente não havia ocorrido e que Steve Jobs estava bem. A situação voltou ao normal e a empresa da maça recuperou os pontos perdidos na bolsa. Vale lembrar que esta não é a primeira vez que "tentam matar" Steve Jobs, já que há alguns meses a rede de noticias Bloomberg divulgou erroneamente o obituário do executivo.

Depois de ler a história, várias perguntas circulam minha cabeça. Como é possível uma empresa correr o risco de perder tanto dinheiro por causa da irresponsabilidade de uma única pessoa? Será que este evento servirá para que repensemos um pouco a liberdade de expressão (que foi dada ao ser humano graças a internet?

Por outro lado, mesmo sendo um dos pilares da Apple, não seria um exagero as ações da empresa caírem tanto por causa de uma pessoa? Estamos falando de milhões aqui. Em uma indústria que se considera tão profissional, a morte de um membro, por mais importante que ele seja, não deveria refletir tanto na parte financeira das empresas.

[via TGDaily]

relacionados


Comentários