Meio Bit » Baú » Miscelâneas » Mídia física x downloads: qual você prefere?

Mídia física x downloads: qual você prefere?

29/09/2008 às 18:04

Nós já discutimos aqui no Meio Bit várias vezes sobre a possível (e talvez iminente) morte das mídias físicas. Nos últimos anos temos visto que a quantidade de downloads (legais ou ilegais) de filmes, jogos e músicas só tem aumentado e gostaria de deixar aqui uma questão interessante: você prefere comprar um DVD de um filme ou CD de música, ou a opção por download lhe agrada mais?

Posso me considerar um colecionador de jogos. Mesmo tendo uma pequena quantidade desse meio de entretenimento, costumo comprar vários games quase todos os meses. A estante da minha sala está decorada com várias caixinhas de jogos de diversos consoles e costumo dizer que nada se compara ao prazer de se ter um manual e a caixa de seu jogo preferido na mão.

Por outro lado, minha conta na Steam possui mais de 20 títulos e mesmo tendo aproveitado muito, pelo menos a metade deles, sempre que compro um jogo por lá, sinto que falta alguma coisa.

O que quero dizer é que me enquadro na maioria da população que gosta de pagar por algo que possa ser tocado, que sente prazer em receber uma embalagem pelo correio e que não vê a hora de abrir o lacre de um CD ou DVD.

O curioso neste exemplo é que na Steam, o preço de um lançamento invariavelmente é o mesmo do cobrado pela versão física do game e embora você não tenha que pagar frete e/ou esperar pela entrega, a distribuidora também tem um custo menor, já que não precisa produzir embalagem e nem pagar os atravessadores.

Isso então faz pensar em dois cenário: um, onde a compra por download seria mais barata e outro onde custaria o mesmo preço. Pensando em ambas as hipóteses, você ainda preferiria a compra física?

Mesmo achando que a distribuição por download irá dominar as vendas em breve, sinceramente, gostaria que a venda física não terminasse, simplesmente porque se isso acontecer, não poderei mais folhear meus manuais, ver o fabuloso trabalho de arte presente em algumas embalagens, nem expor minha aquisições para os amigos.

Peço então que o sábio leitor defenda sua preferência e poderemos perceber se a distribuição digital sairá vencedora graças a sua facilidade de aquisição, ou se ainda preferimos ter em mãos aquilo que foi comprado.

relacionados


Comentários