Meio Bit » Baú » Miscelâneas » Palmas para a China (de novo)

Palmas para a China (de novo)

26/09/2008 às 1:55

O estereótipo de um velhote magricela, vestido de vermelho, fumando um cachimbo comprido e usando um chapéu esquisito já foi esquecida. A China agora é uma potência militar e tecnológica. Assombrou o mundo nas Olimpíadas e deve fazer o mesmo agora, com a missão Shenzou-VII.

Além do feito que é mandar seres humanos ao espaço (e trazê-los de volta vivos, é claro) por 68 horas, um dos “taikonautas” fará uma “caminhada espacial” sábado, a 343km acima de nós (uma das manobras mais arriscadas de um programa espacial). O foguete “Longa Marcha” decolou da base de Jiuquan, na província de Gansu, às 10:10 da manhã de hoje.

O que mais estarrece é que o programa espacial chinês, fruto da colaboração com a extinta União Soviética, estava à míngua (ainda pior que o nosso) nos anos 60. E os planos são para enviar um chinês à Lua em 2017!

[via Chinadaily]

relacionados


Comentários