Meio Bit » Baú » Games » Spore, DRM e Amazon

Spore, DRM e Amazon

13/09/2008 às 18:34

A Amazon tem um sistema de comentários, mais ou menos como fazemos aqui no Meio Bit, onde os usuários podem registrar suas impressões sobre os produtos. Algumas vezes, obviamente, eles podem ser bem negativos.

Com Spore, o pessoal tem sido muito, muito mau (ou realista, depende do ângulo): mais de 90% deu nota 1 (em uma escala de 1 a 5), preocupados, principalmente, com a questão da ativação. Se você acabou de chegar da Lua, aí vai um prelúdio: só é possível instalar Spore três vezes. Mesmo que você desinstale, o limite é esse: três. Uma quarta tentativa pode ser bem-sucedida se você entrar em contato com a EA e provar que comprou o jogo, explicar o motivo de “tantas” instalações e por aí vai. É a máxima de que os justos pagam pelos pecadores… no caso, pelos pirateadores.

Aliás, por um problema técnico, duzentos comentários foram apagados do site da livraria americana, o que deixou a comunidade preocupada com a “livre expressão” em polvorosa. Mas, depois de uma breve explicação e um pedido de desculpas por parte da Amazon, todos já foram restaurados.

O mais interessante é que apesar de todo o cuidado da Electronic Arts, hoje já é possível encontrar o jogo nos bons sites de torrents, com vários usuários clamando sucesso na instalação do “crack”. Mesmo que sejam bravatas, um “sistema alternativo de instalação” chegará à net, cedo ou tarde. Como isso é bastante óbvio, fica a pergunta: para quê penalizar o usuário honesto, que pagou pelo jogo?

De qualquer forma, as vendas parecem ir de vento em popa, com ou sem reclamações. Eu, particularmente, ainda não comprei. E não foi por falta de esforço, nem por preocupações com a instalação (apesar de achar que estou, na verdade, alugando o programa e não comprando propriamente)… como tenho alguns trocados no Paypal, imaginei que tivesse chegado a hora de torrá-los… fui até o site da EA, mais feliz que pinto no lixo. Em cinco minutos, a decepção: para comprar no Brasil, só em lojas físicas, nada de download. Não, Flipper, nãããããããããããããããooooooo!

Sem muito o que fazer, ainda tentei comprá-lo no Direct2Drive… nada. A solução seria mesmo encomendar em uma loja e esperar o DVD chegar… mas, antes, por que não ter um gostinho com o demo do “Criador de Criaturas”? Vamos lá, vamos lá… baixando… instalando… e… “PAM! A memória… blá… blá… não pôde ser lida… blá… blá… OK”. Instalando o patch… “PAM!”.

Bom… vou esperar chegar aos US$ 9,90 para tentar de novo.

relacionados


Comentários