Meio Bit » Baú » Games » Space Invaders, "arte" e controvérsia

Space Invaders, "arte" e controvérsia

25/08/2008 às 11:13

Durante a Games Convention realizada na cidade de Leipzig, Douglas Edric Stanely, um artista de 30 anos aproveitou o espaço cedido para mostrar uma de suas obras. Nela era possível ver uma nave que atirava contra o céu para se proteger de uma invasão alienígena. Enquanto os invasores desciam pela tela, era possível ver dois prédios quase idênticos sendo destruídos e durante a jogatina ao invés do placar aumentar, ele ia diminuindo, tudo para causar impacto nos espectadores.

Talvez você não tenha ligado os pontos, mas o que Stanley fez foi utilizar o ataque de 11 de setembro como plano de fundo para fazer uma homenagem ao clássico Space Invaders. O grande detalhe é que tanto a mídia quanto o público não gostaram da "brincadeira" e a exposição do sujeito acabou recebendo duras críticas.

Eis então que a Taito resolveu se meter na briga e deixou o abacaxi na mão do artista. Em um comunicado oficial, a criadora do jogo disse que a obra foi feita sem o conhecimento deles e que inclusive esta estudando tomar as ações legais cabíveis contra Douglas Edric Stanely e se necessário, contra os expositores envolvidos na feira.

Por vias da dúvida os organizadores decidiram interromper a exibição da "obra de arte" e no lugar, agora é possível ver um depoimento do artista. Agora fica a questão: Seria o trabalho de Stanley uma verdadeira obra de arte ou simplesmente uma piadinha sem graça de um imbecil que pensa que pode fazer qualquer coisa e não haverá consequências? E quanto ao cancelamento da exibição da obra? Sensatez ou censura?

relacionados


Comentários