Meio Bit » Arquivos » Games » Na Inglaterra, presos jogam videogame

Na Inglaterra, presos jogam videogame

26/07/2008 às 14:26

Primeiro, acompanhe a seguinte notícia:

O sistema prisional da Inglaterra e País de Gales declarou que a partir do dia 30 de setembro os presos não poderão mais jogar games com censura para 18 anos. Segundo relatos, no último ano o governo britânico teria gasto 10 mil libras, cerca de 20 mil dólares, na compra de 80 Playstations e 15 Xboxes, além  de vários jogos para os internos de instituições de recuperação de menores. Segundo o porta-voz de um desses centros, no caso dos presos que estão sendo vigiados para que não cometam suicídio, os videogames são uma ótima forma de mantê-los ocupados enquanto eles estão vulneráveis.

Apenas os criminosos com bom comportamento e que já possuem direito a privilégios podem ter acesso ao entretenimento, mas agora aqueles que quiserem tão diversão, deverão pagar por seus videogames.

Agora, vamos a minha visão sobre o assunto. País de primeiro mundo é outra coisa, não acham? Posso estar enganado, mas depois de ver reportagens mostrando pessoas afirmaram que já roubaram apenas para irem presas e terem onde dormir e o que comer, é maluquice minha ou se o procedimento fosse implantado no nosso país ia ter muita gente por aí querendo ir para o xadrez só para disputar o CIPWE™ (Campeonato Inter-Prisão de Winning Eleven)?

[via GI.biz]

relacionados


Comentários