Meio Bit » Baú » Games » Um vício chamado achievement

Um vício chamado achievement

14/07/2008 às 11:22

Muito antes da maioria das pessoas conhecerem o Photoshop e antes mesmo dos computadores se popularizarem, as revistas especializadas em videogames eram comuns entre os jogadores. Quem acompanhava estes veículos de comunicação em meados da década de 90 com certeza se lembra de uma seção comum entre quase todas as publicações, uma onde os leitores tiravam fotos dos placares dos jogos para mostrar seus recordes e muitos jogadores sonhavam em um dia ter seus nomes publicadas nas revistas.

O tempo passou, a internet está presente em grande parte dos pcs e as revistas acabaram perdendo espaço, mesmo assim um hábito permaneceu hibernado dentro de muitos gamers, a vontade de mostrar para os outros jogadores que eles eram melhores em determinado jogo. Até que a Microsoft lançou um console chamado Xbox 360 e junto com todas as suas características de conexão primorosas veio uma novidade chamada GamerScore.

Ao ligar o Xbox 360 pela primeira vez, o jogador deve criar uma conta no videogame, colocando seu nome de usuário e outros dados e ela servirá como uma espécie de identidade para ele, a idéia do GamerScore era que cada usuários tivesse um placar que pudesse ser comparada com os de seus amigos. Resumindo? Incentivar a competição entre os usuários, pura e simplesmente. Mas aí você me pergunta, como o jogador faz para aumentar seu GamerScore? Simples, realizando certas tarefas dentro dos games chamadas de "Achievement", ou como gosto de chamar, conquistas.

Para não virar bagunça, a Microsoft impôs algumas regras, a principal delas é que as produtoras teriam "apenas" 1000 pontos para distribuir para cada um de seus jogos e quanto cada conquista valeria, ficava a cargo dos desenvolvedores. Para tentar ilustrar, pegue como exemplo o jogo Fifa 08, uma de suas conquistas é hospedar pelo menos 50 partidas no modo online, isso vale ao jogador 40 pontos, já no Gears of War, matar 10000 adversários também no modo online vale 50 pontos.

Alguns jogos possuem conquistas insanas, como o exemplo do Gears of War que dei acima, e é aí que entra a graça dos achievements. Como no Xbox 360 você pode adicionar vários amigos à sua lista, é possível fazer uma comparação entre o seu GamerScore e o de outro jogador. Assim é possível visualizar qual conquista ele liberou que você não conseguiu e aí nasce a competição entre os usuários.

A Microsoft com um simples detalhe conseguiu fazer renascer entre os gamers essa competitividade e com o advento da internet, ela se tornou mais evidente. Outro detalhe é que o ato de liberar essas conquistas muitas vezes se torna uma obsessão e inevitavelmente aumenta a vida útil dos games. Não são raros os casos de jogadores que jogam várias fases ou até mesmo todo o game diversas vezes apenas para desbloquear algum achievement.

O sucesso alcançado pela Microsoft foi tão grande que várias empresas estão copiando as conquistas e já podemos vê-las em jogos da Valve e a Sony fez uma alteração no Playstation 3 através de uma atualização de firmware para incluir tal funcionalidade no console.

Também é possível encontrar sites que oferecem listas dessas conquistas, como é o caso do Xbox360Achievement.org e que é uma verdadeira mão na roda para aqueles que querem descobrir o que tem que fazer para liberar aquela conquista dificílima. Outro serviço muito interessante relacionado aos achievement é o oferecido pelo MyGamerCard. Com ele podemos gerar imagens como a que está acima, a direita e que exibem nosso atual GamerScore, assim como nossa reputação e os últimos títulos que jogamos. O site mantem também um ranking, mundial ou local, de todos os jogadores cadastrados.

Portanto, acho que consegui explicar um pouco como funciona um dos sistemas mais legais do Xbox 360 e que com certeza irá se tornar comum entre os games em breve.

relacionados


Comentários