Meio Bit » Baú » Games » Não me diga que você quer ajudar o Uwe Boll a fazer um filme

Não me diga que você quer ajudar o Uwe Boll a fazer um filme

Depois de criar as piores adaptações de filmes sobre games, Uwell Boll que seu dinheiro para filmar o Postal 2.

29/08/2013 às 10:13

uwe-boll

Os filmes baseados em jogos são considerados por muitos o que de pior pode acontecer para as duas indústrias, e um dos principais responsáveis para a criação desta imagem terrível é um sujeito chamado Uwe Boll. Nascido na Alemanha, o “cineasta” dirigiu pérolas como Far Cry: Fugindo do Inferno, Em Nome do Rei, House of the Dead: O Filme e Alone in the Dark - O Despertar do Mal, cada um com o desempenho pior que o outro.

Depois de ter dado um tempo nas adaptações, Boll está disposto a se arriscar nelas de novo, para desespero dos gamers. Através de uma campanha no Kickstarter o fanfarrão espera conseguir pelo menos US$ 500 mil para produzir o Postal 2, continuação do filme dirigido por ele mesmo e que de acordo com o site Rotten Tomatoes, conseguiu um indíce de aprovação de míseros 7%, além de uma média 22 no Metacritics.

Segundo Boll, a intenção é criar uma “comédia controversa que tratará de problemas políticos,” afinal, para ele “não existem diferenças entre a nossa democracia e os campos de prisioneiros na Rússia ou na China,” seja lá o que uma coisa tenha a ver com a outra e na página ele ainda levanta uma série de teorias da conspiração, questionando por exemplo se o Bin Laden realmente foi morto e afirma que “o Postal 2 destruirá a indústria cinematográfica e o mundo em que vivemos,” o que convenhamos, não é assim tão improvável de acontecer.

Caso tenha se interessado pela bizarrice, os valores para contribuição vão desde US$ 5 até US$ 10,000 (repare que um maluco já deu mil dólares), nos dando direito a cópias do filme, do roteiro – que deve ser no mínimo ridículo – e até mesmo a frequentar os set de filmagens, que acontecerão em Vancouver.

Diante desta notícia eu poderia até tecer diversas piadinhas em relação a incompetência de Uwe Boll, mas não o farei, vai que ele tem algum problema de saúde. Fonte: Polygon.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários