Meio Bit » Arquivos » Games » Para Microsoft, Killer Instinct não será um free-to-play

Para Microsoft, Killer Instinct não será um free-to-play

Diretor criativo da Microsoft tenta desvencilhar imagem do Killer Instinct dos free-to-play e diz que jogo será a demo mais genorosa do mundo.

28/08/2013 às 16:30

killer-instinct

O modelo de distribuição free-to-play foi responsável pelo salvamento de muitos jogos, especialmente os MMOs e permitiu que vários estúdios se destacassem com suas criações, porém, é inegável que ainda existe uma certa resistência por parte de alguns jogadores e talvez seja por isso que Ken Lobb, diretor criativo de jogos criados internamente para Xbox One, deu uma entrevista tentando desvencilhar a imagem do Killer Instinct desse tipo de distribuição.

Quero apenas que o maior número possível de pessoas possam jogar. Algumas delas estão dizendo, ‘Oh, é um free-to-play.’ Não. Ele não é um free-to-play. O que é um jogo free-to-play? É uma coisa que você nunca pode ter por completo. No dia do lançamento, se você quiser comprar nosso jogo, compre-o. Ele será seu. Não haverá um sistema que exigirá moedinhas para desbloquear coisas, nada disso.

Gosto de dizer que fizemos a demo mais generosa do mundo e se você quiser comprar o jogo com um monte de DLCs, vá em frente, ele não é um free-to-play.

Te convenceu? Pois a mim não. No fim das contas o que a Microsoft fará é o mesmo que a Namco fez com o Tekken e a Tecmo com o Dead or Alive e na minha opinião não se diferencia em nada do que vemos em inúmeros RPGs online ou qualquer outro tipo de jogo que nos dá acesso a certos conteúdos e cobram por outros, o que não acho que seja nenhum demérito.

De qualquer forma, Lobb afirmou que no início o Killer Instinct não terá um modo história e que nesta versão gratuita, ou demonstrativa, como ele prefere, poderemos jogar apenas como o Jago, seja no tutorial ou em partidas contras outras pessoas e caso queiramos controlar outros lutadores, teremos a opção de pagar US$ 5 por cada um deles, adquirir o Combo Breaker Pack, que custará US$ 20 e trará oito personagens ou ainda a Ultra Edition, que por US$ 40 dará direito ainda a roupas extras e a versão original do game lançado para os arcades na década de 90.

Por fim, outra informação passada pela Microsoft diz respeito a intenção da empresa de adicionar personagens por temporadas, sendo assim, quando a segunda estiver concluída o jogo terá 16 lutadores e caberá a nós decidir se e como os compraremos. Eu gosto bastante dessa proposta, mas e você, o que acha?

Fonte: Eurogamer.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários