Meio Bit » Baú » Ciência » Scanner mostra o horror do salto-alto

Scanner mostra o horror do salto-alto

Que salto alto não faz muito bem todo mundo sabe, mas já viu o quanto eles forçam os pés em uma posição não-natural? Com esse scanner tomográfico, é possível.

27/08/2013 às 16:22

Un-show-spectaculaire_portrait_w858

De todas as maravilhas produzidas pela Evolução, tirando a Luciana Vendramini a mais incrível é o pé humano. Ele já foi prênsil, já nos locomoveu de quatro, passou por toda a transição até a posição ereta e hoje nos sustenta, apesar de termos a mais precária e mal-ajambrada conformação da natureza.

Não somos feitos pra cair, se desmaiamos arrebentamos o coco e a sapucaia no chão. Nosso centro de gravidade não ajuda e por causa disso temos um sistema de equilíbrio complexo fazendo micro-correções o tempo todo. Boa parte delas, nos pés. Eles funcionam bem para permanecermos parados, para andar e correr. Subimos em árvores, andamos em cordas-bambas (quer dizer, eu não) e jogamos bola (também não).

De todas as atividades que praticamos com nossos pés talvez a mais prejudicial é a mais sexy: saltos altos. As mulheres precisam literalmente reaprender a andar. As plantas dos pés perdem a função, o peso é deslocado para a frente. Dependendo do salto, andam na ponta dos dedos, igual a gatos.

Veja como ele apoia somente a ponta das patas no solo, mesmo andando.

gatim

Humanos também andam assim, quando estamos correndo. Rápido. Já o salto alto força essa postura constantemente. Pior, força uma posição dos artelhos totalmente antinatural.

a obsessão feminina com sapatos e saltos não tem limites. Há procedimentos onde injetam colágeno para aumentar a planta do pé, outras estreitam as laterais e algumas removem cirurgicamente artelhos, encurtando os dedos para o sapato encaixar melhor.

Aqui entra uma tecnologia surgida nos anos 1920 e incrivelmente usada até a década de 1970, apesar dos danos à saúde: o Pedoscópio, que não serve pro que você está pensando, mas para… ajustar sapatos:

Pedoscope002010a (1)

Utilizando um emissor de raios-x e uma tela igual a um fluoroscópio médico, permitia que o Al Bundy da sapataria chique visualizasse exatamente como seu pé se encaixava nos sapatos. Era altíssima tecnologia, coisa futurista mesmo. E causava câncer, claro.

Hoje existem máquinas semelhantes, mas além de não trabalharem com doses significativas de radiação, são usadas somente para propósitos médicos, como o MedCat, no Hospital Real Nacional Ortopédico do Norte de Londres. O aparelho é um tomógrafo, que gera imagens lindamente detalhadas, ajudando a identificar problemas ortopédicos, mas mesmo com pés saudáveis, o resultado pode ser preocupante, veja:

Assustador, né?

Mas não se preocupe, para desespero do Tom Cruise nenhuma mulher vai parar de usar salto alto por causa disso, os benefícios na cabeça delas são grandes demais.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários