Meio Bit » Baú » Mobile » App Dedo-Duro do Bem denuncia idiotas que estacionam em vagas para deficientes

App Dedo-Duro do Bem denuncia idiotas que estacionam em vagas para deficientes

Finalmente um app de crowddedoduragem do bem: um esquema para denunciar idiotas que estacionam ilegalmente em vagas para deficientes.

23/08/2013 às 19:15

No mundo da ficção não há muito problema em ser deficiente.

Disabled Parking Você tem poderes mutantes incríveis, usa armaduras alienígenas, se conecta a computadores com a força da mente ou na pior das hipóteses é uma ruiva gostosa amiga do Batman que transa com o Robin (a Ruiva, não o Batman).

Na vida real não é tão divertido, nosso mundo foi feito para gente com número par de pernas (em geral 2, mas na prática os com 4 acabam privilegiados) e a falta de rampas é crônica. Se acha que estou exagerando, responda: um amigo cadeirante pode usar confortavelmente o banheiro da sua casa?

O mínimo que podemos fazer por essas pessoas é não atrapalhar. Isso é tão simples que se torna revoltante quando idiotas acomodados fazem questão de ignorar regras básicas de decência humana.

A mais simples é não utilizar vagas para deficientes se sua deficiência é apenas de caráter. Elas NÃO SÃO um privilégio. São mais largas e melhor posicionadas para facilitar a manobra de retirar cadeiras de rodas, muletas ou armaduras Mark-2 e exoesqueletos HAL de dentro do carro, vesti-las e seguir seu caminho.

TODO, TODO idiota que usa uma vaga dessas tem uma justificativa na ponta da língua. Não reparou, foi só por um minuto, havia outras vagas que o hipotético deficiente poderia usar…

Como educação não adianta, o jeito é punição, e aí que entram as redes sociais, no melhor estilo Big Brother Somos Nós. O app se chama Parking Mobility, com versões para iOS, Android e Blackberry.

O funcionamento é bem simples: se você identificar um imbecil estacionado ilegalmente em uma vaga de deficientes, tira uma foto da placa, outra da frente do carro, e uma última em plano aberto, mostrando bem o carro e a vaga ilegalmente usada.

Essas imagens serão enviadas com dados de geolocalização para a central do serviço, que os repassará para as autoridades competentes, que aplicarão a trol-digo, multa. No seu perfil você escolhe instituições de caridade e parte do valor arrecadado com as multas vai para elas.

É dedoduragem? COM CERTEZA, mas por mais que a “indústria das multas” seja questionada e questionável, não acredito que alguém seja contra multar idiotas que estacionem em vagas de deficientes.

Espero que esse app chegue no Brasil. Qualquer startup e governo que implemente já tem divulgação gratuita garantida aqui!

Fonte: Dica da @rosana no R7.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários