Meio Bit » Baú » Games » A deprimente morte do Matrix Online

A deprimente morte do Matrix Online

De acordo com funcionária da SOE, quando o The Matrix Online foi cancelado, jogo tinha apenas 500 usuários.

23/08/2013 às 14:30

the-matrix-online

Muitas vezes eu me sinto feliz por não ser um grande admirador de MMOs. Não digo isso pelo medo de trocar a vida real pela virtual, o que por si só seria justificável, mas sim porque fico pensando na tristeza que deve ser saber que aquele jogo que você tanto gosta deixará de existir e no quão deprimente deve ser os últimos minutos em que os servidores estão online.

Normalmente nós não aceitamos a decisão das desenvolvedoras de matar suas criações, mas como crucificar o pessoal da Monolith Productions por terem desistido do The Matrix Online? Lançado em março de 2005, o jogo foi encerrado em julho de 2009 e durante a última GDC Europe, a diretora global de relacionamento com a comunidade da SOE, Linda Carlson, disse que aquilo que os levou a tomar esta dura decisão foi a falta de interesse dos jogadores.

Mas o quão baixo seria esse interesse? Segundo Carlson, menos de 500 pessoas jogavam o MMO na época e na sua opinião, “o ponto de ruptura foi o custo de manutenção para manter o jogo, que era ridículo. As vezes a única coisa que resta é acabar com esses jogos.

Olhando por este lado fica realmente difícil não apoiar a decisão dos responsáveis pelo The Matrix Online, mas volto a dizer que se fizesse parte daqueles poucos guerreiros – guerreiros mesmo, porque o jogo não parecia ser lá grandes coisas – eu certamente teria ficado bastante chateado, mas pensando bem, isso pode ter aberto a oportunidade para que aquelas pessoas conhecessem outros títulos e no fim das contas essa “seleção natural” pode ter suas vantagens.

Fonte: Polygon.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários