Meio Bit » Baú » Hardware » iPhone 5C pode não ser tão barato quanto as pessoas pensam

iPhone 5C pode não ser tão barato quanto as pessoas pensam

Contrariando expectativa, analistas acreditam que o preço do iPhone 5C poderá ficar na faixa entre 400 e 500 dólares

21/08/2013 às 10:22

iphone-5c

Quando as primeiras informações sobre o tal iPhone 5C pipocaram na net, muitos se perguntavam qual seria a estratégia da Apple em lançar um aparelho visivelmente menos caprichado, com case de plástico. Há quem diga que a empresa perdeu o rumo após a morte do Jobs (aliás, dizem isso toda vez quando saem rumores de novos produtos e mudam de ideia no dia do lançamento) ao desenvolver um produto barato, o que nunca fez parte do DNA da empresa, palavras do próprio.

Entretanto não é bem assim. A ideia era de que o 5C viria para ser um aparelho visando o mercado emergente, onde planos de dados como os das operadoras americanas são exceção e não regra, e pagar o preço cheio de qualquer aparelho top acaba sendo uma senhora facada. E no caso de iPhones, pior ainda. Porém alguns analistas acreditam que, independente de que posição ele assuma, ele definitivamente não será barato.

Por exemplo, o analista John Gruber acredita que o 5C será o modelo de entrada da companhia, o que permitiria à Apple de uma só vez matar tanto o iPhone 4 e 4S quanto o conector de 30 pinos, relegando-o ao quase esquecido iPod Classic. Porém ele acredita que a Apple não mudará a estratégia de gastar pouco na produção e vender caro, e estima que o preço dele fique em torno de 400 dólares sem contrato, o que é mais em conta do que o iPhone 5 básico (US$ 649), mas não é exatamente uma pechincha.

Já Ming-Chi Kuo da KGI Securities foi menos otimista. Para ele, considerando as informações vazadas acerca do hardware do aparelho (que o colocam próximo ao 5) também não faria sentido vender um aparelho por um preço baixo e apenas trocar figurinhas, entretanto ele acredita que o preço fique entre 400 e 500 dólares. E mais: para Kuo, o aparelho não será o de entrada mas um intermediário, deixando o 4S vivo por mais tempo. Com isso a Apple manteria quatro aparelhos: 5S, 5, 5C e 4S.

Independente da estratégia adotada, era meio pedra cantada que a Apple não abraçaria o mercado dos aparelhos baratos. Mesmo que ela tenha se rendido a fabricar um celular de plástico, ela nunca cobraria um valor baixo nele. Nos Estados Unidos o iPhone 4 já sai de graça com plano de dois anos, e a desculpa para mercados como o Brasil não cola. Mesmo que o 5C tenha uma aparência simples ele ainda é um iPhone, o que curiosamente por aqui confere status: as lojas cobram caro e as pessoas compram mesmo assim.

A previsão é de que a Apple revele tanto o 5C quanto o 5S entre setembro e outubro. Resta aguardar para ver o que ela está aprontando.

Fontes: DF e AI.

relacionados


Comentários