Meio Bit » Baú » Internet » Google anuncia o “Google Helpouts”, serviço de suporte via vídeo

Google anuncia o “Google Helpouts”, serviço de suporte via vídeo

Google Helpouts permitirá que pessoas das mais diferentes áreas prestem atendimentos via vídeo, podendo cobrar ou não pelo serviço.

21/08/2013 às 7:38

google_helpouts

Na calada da noite, o Google colocou no ar o site do Google Helpouts, um serviço que pretende permitir que pessoas prestem algum tipo de suporte a outros usuários através de um bate-papo por voz e vídeo (no melhor estilo Hangouts).

Inicialmente disponível apenas para usuários com convites (que podem ser solicitados no site do serviço), o Helpouts terá dois tipos de usuários: os que se cadastram para oferecerem os seus serviços e aqueles que utilizarão a ferramenta para pedir algum tipo de ajuda. A assistência poderá ser gratuita ou paga, ficando a critério do usuário. No segundo caso, as cobranças serão feitas através do Google Wallet e o Google embolsará 20% do valor pedido pelo usuário. Se o usuário não ficar satisfeito com o atendimento, a empresa garante a devolução total do dinheiro (prevejo problemas…).

Para se oferecer para prestar qualquer tipo de serviço de atendimento, o usuário deverá, antes de qualquer coisa, ter um perfil no Google+ (nenhuma novidade, né?). Depois, será preciso informar os conhecimentos que pretende compartilhar, a disponibilidade de horário, o valor cobrado e, se quiser, um vídeo de apresentação aos futuros clientes. Quando o cliente acessar e definir o que quer, o serviço fará a combinação das informações e oferecerá os atendimentos disponíveis.

Se dará certo ou será descontinuado em alguns meses, sem dúvida ainda é muito cedo para dizer. Mas é inegável que o Google Helpouts dará, a muitas pessoas, a possibilidade de compartilhar os seus conhecimentos, sejam eles quais forem. Professores poderão dar aulas particulares via web, especialistas poderão prestar suporte técnico aos mais variados tipos de produtos e serviços… o limite é a imaginação e a necessidade de cada um.

Eu me inscrevi e, caso receba o código, farei alguns testes e publicarei uma espécie de review sobre o serviço aqui no Meio Bit. 😉

Fonte: Ars Technica.

relacionados


Comentários