Meio Bit » Baú » Internet » YouTube para Android e iOS recebe uma reformulação geral e ganha PiP e pesquisa por playlists

YouTube para Android e iOS recebe uma reformulação geral e ganha PiP e pesquisa por playlists

Novos aplicativos agora permitem que o usuário continue vendo um vídeo, mesmo enquanto pesquisa pelo YouTube. Também ganhou pesquisa por playlists e interface renovada.

21/08/2013 às 7:10

Novo aplicativo permite ver os vídeos enquanto se pesquisa no serviço

Novo aplicativo permite ver os vídeos enquanto se pesquisa no serviço

Em uma só tacada, o Google disponibilizou novas versões do seu app do YouTube para Android e iOS. Numa primeira olhada, fica claro que um dos objetivos da empresa é fazer com que os usuários tenham a mesma experiência, independente da plataforma utilizada. O menu lateral ficou muito parecido com o do Google+, assim como o sistema de exibição da listagem de vídeos, que também é similar ao do serviço social e com o do Google Now: em “cards”.

http://www.youtube.com/watch?v=ir1xdtIb-g0

Além da interface, uma outra novidade que me agradou muito foi a implementação da possibilidade de se continuar assistindo um vídeo, mesmo enquanto se navega entre canais ou se faz pesquisas por outros vídeos no aplicativo. Para isso, basta tocar no vídeo e deslizar o dedo para baixo e… pronto, é só curtir o vídeo em PiP. Se quiser voltar a vê-lo maior, basta deslizar o dedo para cima e, se quiser simplesmente parar a exibição, deslize para o lado e seja feliz.

Novo menu e pesquisa por playlists também estão entre as novidades

Novo menu e pesquisa por playlists também estão entre as novidades

Outra novidade adicionada à nova versão dos apps é a possibilidade de os usuários pesquisarem por playlists diretamente dos aplicativos. Além disso, no Android, simplesmente tocando no vídeo, magicamente o app exibe as opções de ativar/desativar legendas e o modo HD. No iOS (tablet), não encontrei essas opções.

Não vou reclamar de todo o empenho que o Google teve na atualização das versões do YouTube para Android e iOS, afinal, os usuários poderão ter uma experiência muito mais agradável ao utilizarem o serviço de vídeos da empresa. Só que, ao mesmo tempo, é impossível não lembrar de toda a novela envolvendo a Microsoft e o seu app para o YouTube e, consequentemente, o descaso com os usuários.

Os aplicativos do YouTube já estão disponíveis gratuitamente na Google Play e App Store.

Fonte: Google.

relacionados


Comentários