Meio Bit » Baú » Games » Itagaki, o bad boy da indústria

Itagaki, o bad boy da indústria

03/06/2008 às 12:49

Eu já disse alguma vez aqui que uma das vantagens em se lançar um grande jogo é que todos os holofotes ficam voltados para você. Quando isso acontece, alguns games designers resolvem soltar algumas farpas e nesse quesito Tomonobu Itagaki está se tornando mestre ninja.

Após fazer duras críticas ao remake do Ninja Gaiden para PS3, o japonês-com-jeitão-de-Matrix resolveu abrir a boca novamente em entrevista concedida ao site Kikizo. Itagaki teria dito que Ninja Gaiden 2 é o último jogo da franquia e que não há muito a se fazer em relação as baixas vendas do Xbox 360 no Japão pois há muitos fatores sociais envolvidos, como por exemplo o fato de os jogadores hardcore não fazerem mais uma grande diferença (ouch!).

E para tocar o terror de uma vez, o designer decidiu sair da Tecmo e ainda por cima processar a empresa. Itagaki não estava satisfeito com Yoshimi Yasuda, presidente da companhia que não vinha cumprindo o acordo de pagamento de bônus e o teria desafiado a abandonar e até processar a Tecmo, caso achasse melhor.

Ainda não se sabe qual será o futuro do produtor, mas eu aposto no surgimento de uma nova empresa. Um sujeito como Itagaki possui muitos contatos na indústria e mesmo sendo um chato/arrogante/pervertido não seria difícil para "seu novo estúdio" conseguir investimento e uma empresa para publicar seus futuros jogos.

Contudo, o futuro Dead or Alive 5 não será feito por ele e agora é possível que a série Ninja Gaiden continue, mas a que preço?

[via Kotaku (1 e 2)]

relacionados


Comentários