Meio Bit » Baú » Demais assuntos » Kojima morde, depois assopra

Kojima morde, depois assopra

19/04/2008 às 11:58

Que o Metal gear Solid 4 é um dos jogos mais aguardados de 2008 não há a menor dúvida. Que ele ajudará a Sony a vender milhares (talvez milhões) de consoles, poucos duvidam. Porém, em entrevista concedida à revista britânica Edge, Hideo Kojima, o mestre, o gênio, o cara por trás do jogo declarou que está desapontado com o jogo.

Para o game designer japonês, a jogabilidade está muito parecida com o que ele havia idealizado, o grande problema seriam os gráficos. Ele afirma que as animações e o tamanho dos mapas não ficaram conforme ele imaginou. Kojima continua a sua declaração dizendo que ao apresentar o jogo pela primeira vez, sua equipe considerava o PS3 uma máquina dos sonhos e começaram a cogitar várias novidades para o game, contudo, na hora de implementá-las, houve várias restrições e que o jogo já está usando toda a capacidade de processamento do videogame. Para ele, sua concepção de MGS 4 está dez passos a frente da versão que será lançada.

Para terminar o designer diz que espera não ser mal interpretado, já que não está criticando o videogame. Segundo ele, o problema é que eles estavam mexendo em algo que não conheciam e acabaram superestimando o console.

Talvez eu tenha mesmo interpretado erroneamente as declarações do mestre, mas acho que elas foram bastante duras. Pelas imagens e vídeos do jogo mostrados até agora, acho que ele está sendo muito exigente com seu trabalho, mas para quem prometeu um videogame que duraria por muitos anos, a Sony deveria estar bastante incomodada com as palavras de Kojima-San.

[via Kotaku]

relacionados


Comentários