Meio Bit » Baú » Games » Beats

Beats

15/04/2008 às 11:54

Quando você joga algum game musical, qual é o seu maior desejo? Provavelmente você respondeu que gostaria que determinada música estivesse entre as disponíveis. O sonho de qualquer apaixonado por jogos do gênero finalmente virou realidade e ele atende pelo nome de Beats. Saiba como ficou o game nesta análise.

Uma pechincha

Finalmente tomei um pouco de vergonha na cara, abri a mão e gastei US$ 5,00 na Playstation Store para comprar o jogo Beats.

O game não possui uma história e sua premissa é a simplicidade, por isso não levarei a nota deste quesito em consideração para realizar a média. Beats funciona praticamente como um protetor de tela interativo, enquanto a música é tocada, você deverá apertar os botões que aparecem na tela no momento certo. Nada muito diferente do já visto nos jogos da série Dance Dance.

Temos ainda duas barras na tela, ambas aumentam conforme "as notas" são acertadas. A do lado direito funciona como um multiplicador. Quanto mais acertos em sequência, mais ela aumenta e mais pontos são adquiridos. A do lado esquerdo quando cheia pode ser acionada para que os pontos também sejam multiplicados por um curto período de tempo, mas isso faz com que os botões que aparecem na tela fiquem um pouco bagunçados.

Contudo, o grande diferencial de Beats está no fato de que nele é possível jogar qualquer música que você desejar. Isso mesmo. Basta colocar as músicas no seu memory stick para que o jogo as reconheça. Isto possibilita um jogo praticamente infinito e cabe ao jogador fazer sua lista e sair tocando jogando. Podemos dizer que este é o jogo com a melhor trilha sonora da história, independente do jogador e de seu gosto musical.

Gráficos, para que?

O jogo possui uma boa apresentação visual, com os temas podendo ser alterados. Toda vez que acertamos os botões alguns efeitos são mostrados na tela causando uma verdadeira festa de cores e brilhos.

Criando suas próprias músicas

Os produtores ainda disponibilizaram um ótimo editor de músicas dentro do jogo. Com ele podemos utilizar vários loops de instrumentos variados e vocais para criar nossas próprias canções. Tudo está separado por estilo de música e após concluída a criação, você ainda pode disponibilizar as melodias para outros usuários, além de tocá-las, claro.

O game é um ótimo passatempo. Se levarmos em consideração seu preço praticamente irrisório, se trata de um dos melhores custo-benefício da biblioteca do PSP. Satisfação garantida para todos aqueles que gostam de jogos musicais.

- Pagar quase nada no game;
- "Tocar" a música que quiser;
- Criar suas próprias músicas.

- Sua simplicidade pode fazer com que o jogo perca a graça rapidamente.
- Pequenas travadas ocasionais nas músicas;
- Demorar mais de nove minutos tentando quebrar o recorde de Faroeste Caboclo e não conseguir por pouco;
- Desconfiar que nunca poderemos tocar a música que quisermos no Guitar hero.

relacionados


Comentários