Meio Bit » Baú » Games » Análise: ATI Radeon HD 3850 e HD 3870 (parte II)

Análise: ATI Radeon HD 3850 e HD 3870 (parte II)

27/03/2008 às 11:44

Bem, antes dos resultados dos testes, uma informação que faltou: a HD 3850 tem 256MB de RAM GDDR3 e ocupa um slot PCIe. Já a HD 3870, tem 512MB de RAM GDDR4 e ocupa dois slots (não, ela não é conectada a dois slots, só é "larga").

Pois bem, a idéia não era rodar num PC topo-de-linha, mas ver o que essas placas podiam fazer num hardware mais comumente encontrado nos lares brasileiros.

Para quem reparou no final do último vídeo, a configuração de testes é bem modesta: Pentium D 2,66GHz, 1GB RAM DDR2 667MHz, Windows XP (DirectX 9c), com os últimos drivers disponíveis. Vejamos o que aconteceu.

Aquamark3

Esse foi o teste utilizado nas nossas últimas análises. Infelizmente, há uma conhecida incompatibilidade entre ele e as novas placas da ATI, causando um travamento na hora de exibir os resultados. É uma pena, mas a performance foi realmente incrível: em alguns momentos, foram mais de 100 frames/s.

É claro que é um programa relativamente antigo, mas serviria como referência.

3DMark06

O teste padrão do mercado, fabricado pela Futuremark. A configuração foi a default (versão free), com 1280x1024 pixels.

image

Curiosamente, a HD 3870 se saiu pior no teste SM 2.0. De qualquer forma, os números são baixos... a conclusão óbvia, é que o sistema estava limitando a velocidade da placa (possivelmente, a maior culpada era a memória de 667MHz). Infelizmente, as placas não fazem milagres... se você quer uma dessas, precisa de um micro recente.

Unreal Tournament III

image

Mesmo com um hardware ultrapassado, as placas compensaram e foi possível ter uma boa diversão com o UT3. Com a HD 3850, algumas (poucas) "travadinhas" foram sentidas. Já com a HD 3870, o jogo rodou muito suavemente.

Flight Simulator X

image

O simulador de vôo preferido de 9 a cada 10 pilotos rodou... mas ficou longe, muito longe de ser divertido. Pela demora no carregamento, mais uma vez foi o resto do sistema o principal vilão.

Crysis

Sim... eu tentei. Obviamente, não deu certo.

Palavras finais

Certamente, as placas são mesmo muito boas. Não o suficiente para tirar da nVidia a primazia no setor, mas a relação custo/benefício pende para o lado da AMD/ATI (ao menos, no mercado americano).

No entanto, se você quer jogar seriamente, invista num sistema recente. Tentar recauchutar seu micro de três anos não vai funcionar.

Uma área que não citei é a profissional, de CADs 2D, 3D e paramétricos. Os testes com o Pro/Engineer mostraram que se não se pode comprar uma FireGL, a HD 3870 "dá para o gasto". O ganho de produtividade foi excepcional.

Por último, algo que não pode ser mensurado: a imagem (tanto gráficos quanto as fontes) me pareceu mais... perfeita, se é que se pode usar este termo, na HD 3870. Usando ambas as saídas de vídeo e monitores iguais, as imagens eram mais nítidas nesta placa que na HD 3850. Mas ficou muito subjetivo e não foi possível registrar em fotos... pode ser só minha vista.

relacionados


Comentários