Meio Bit » Baú » Games » Preview - The Bourne Conspiracy

Preview - The Bourne Conspiracy

20/03/2008 às 9:56

Antigamente, sinônimo de agente era o 007, onde ele usava mais da astúcia e da inteligência para resolver os casos, junto com uma pitada de sorte e o uso de apetrechos tecnológicos. Considerava o 007 um super-agente, até que isso começou a cair por terra quando assisti o filme Missão Impossível 2. Então o Ethan Hunt se tornou o melhor agente EVER, já que uma das qualidades que mais prezo é saber lutas corporais. Sair na "porrada" contra os inimigos. Então isso novamente caiu por terra, ao ver um dos melhores filmes que já foram criados: Identidade Bourne.

Antes de mais nada, vamos falar do agente. Jason Bourne é um agente que durante uma missão perde a memória, acorda num navio e começa do zero, sem saber quem é e aos poucos vai descobrindo as suas habilidades e a sua identidade, como saber vários idiomas e o melhor: saber lutar muito bem. Então ao procurar saber sobre sua vida, acaba sendo vítima de uma verdadeira perseguição da CIA, querendo matá-lo a qualquer custo. Um filme impressionante! Suas continuações (A Supremacia Bourne e o Ultimato Bourne) são igualmente excelentes e é bastante recomendado assistir, para quem gosta de filmes de ação a tramas elaboradas.

OBS 01: O primeiro filme é baseado no livro de mesmo nome do autor Robert Ludlum (já falecido).

Porquê falei do filme, sendo que estamos num blog voltado para games? Para situar o jogador no jogo que deve sair ano que vem para o Playstation 3 e para o Xbox 360. Uma coisa que alguns devem saber é que adoro games de espionagem. Metal Gear Solid e Syphon Filter estavam entre os melhores que joguei, até chegar um certo agente da Third Echelon (um braço da NSA - só lembrando: este setor não existe na realidade) e detonar com tudo: Sam Fisher, o protagonista de Splinter Cell.

OBS 02: Metal Gear e Syphon Filter ainda estão entre os melhores games. Mas eu prefiro o game da Ubisoft!

Splinter Cell é um daqueles jogos que alguns amam e outros odeiam. A sua fórmula é simples: invada locais sem ser detectado pela segurança, execute algumas tarefas e saia sem ser percebido. Simples? Nunca, já que estamos falando de um game altamente difícil. Quem jogou o primeiro sabe: se você errar um movimento e ser detectado, adeus missão. Em Chaos Theory (terceiro jogo da série) ficou um pouco mais fácil, mas a cada final de fase existe um ranking, para que jogadores mais hardcore possam ir ao limite e tentar tirar nota máxima, além de dar ao jogador a possibilidade de ter várias rotas. Fora a quantidade imensa de saves que você faz durante a missão, já que você tem de executar certas tarefas com precisão milimétrica: estude o local, estude os movimentos dos inimigos e dê o bote. Se ele te ver durante a ação, o bicho vai pegar.

Mas um dos maiores defeitos do Sam é que o cara não luta nos games. No primeiro e no terceiro (frisando: os únicos que joguei), ele dá apenas um murrinho nos inimigos e ainda de forma lenta. Até o primeiro Metal Gear Solid tem movimentos melhores, onde o Snake dá 3 golpes (ok, são poucos...) nos guardas. Bom, não vou fazer um paralelo com os games de luta aqui. Mas em Bourne Conspiracy, pelo que vi nos trailers (veja no final do preview), o cara vai lutar do jeito que é nos filmes. Ou seja: um verdadeiro show de movimentos impressionantes, que poderia deixar o Splinter Cell como um game perfeito se o Sam lutasse do mesmo jeito. Tudo bem que gosto de furtividade, mas seria muito bom se tivesse mais ação. Splinter Cell é um game com poucos momentos de ação. A Ubisoft percebeu isso e no próximo game da série o Sam vai lutar realisticamente, usando elementos do cenário e vai acabar sendo perseguido pela Third Echelon (copiando a fórmula do Bourne!).

Bom, falei do jogo, mas não falei do enredo de The Bourne Conspiracy: ele vai se situar antes da perda de memória do cara e durante a mesma, pegando fatos do filme.Talvez eles devem alternar, mas como o jogo ainda não foi lançado, o jeito é esperar por mais novidades.

Por fim, a única crítica é não ter usado o ator Matt Damon para fazer o modelo do protagonista. Deveria, já que eu imagino o cara na pele do agente e ver outra fisionomia é um pouco estranho (para quem viu os filmes, claro!). Fiquem com algumas imagens e os trailers. Ele já se tornou um dos games mais esperados por este que vos escreve, e seu lançamento está previsto para o terceiro trimestre deste ano. Outras informações, veja este preview da revista oficial do Xbox 360.

Imagens (veja mais aqui):

Vídeos

relacionados


Comentários