Meio Bit » Arquivos » Games » Diversão sem fim

Diversão sem fim

18/02/2008 às 1:18

Sempre considerei Warcraft 3, senão a oitava, certamente uma das maravilhas do mundo. Difícil não lembrar da série quando o assunto é real-time strategy, e mais difícil ainda não concordar que a relação custo-benefício é sem dúvida algo que faz a alegria dos fãs brasileiros. Pense bem: por menos de R$40,00 você leva para casa Warcraft 3: Reign of Chaos e sua expansão, The Frozen Throne. Só com isso você garante não somente muitas horas de diversão com as campanhas solo mas também diversão infinita através do modo multiplayer. E como se não bastasse, existe ainda a cereja do bolo, na forma do World Editor, um excelente e prático gerador de mapas, que torna a imaginação o único limite. Quem aqui nunca disputou ou mesmo ouviu falar do Defense of The Ancients, popularmente conhecido como DotA? Reconhecido e presente até mesmo nos torneios oficiais da Blizzard, o mapa, que foi criado por um fã e posteriormente teve seu código liberado para a comunidade, ainda faz a diversão de milhares de jogadores pelo mundo afora. Ontem mesmo eu resolvi relembrar os bons tempos e tomei uma surra disputei umas ótimas partidas com meu amigo viphug.

Mas nem só de DotA (felizmente) vive o jogador de Warcraft: visite o site da Gamespot e você poderá baixar gratuitamente dezenas de mapas diferentes, alguns puxando mais para o lado RPG do que RTS. Não chega a ser um World of Warcraft, mas garantem ótimas horas de diversão. Cito três clássicos dos quais gosto muito:

The Devil made me do it: acompanhe a história de Kelen Strider, um blood elf tentando descobrir sobre seu passado. Portador de um livro poderoso do qual ele mesmo se recorda muito pouco, o jovem vai aos poucos se envolvendo em uma rede de intrigas e traições. O enredo é bastante linear, mas de jogabilidade variada. Estão presentes até mesmo eventos do estilo DotA, em que é necessário que o herói acompanhe suas tropas a fim de destruir a base inimiga.

Warcraft Rogue Map: nesse divertido cenário você deve escolher um herói e uma classe, para somente então ser levado à cidade. Comece entrando na practice dungeon e consiga alguns equipamentos e ouro, depois converse com o líder da aldeia que lhe enviará em algumas quests, que envolvem combater inimigos ou conseguir itens. A jogabilidade lembra o MMORPG, em que você vai matando inimigos a fim de evoluir seu personagem. O interessante é que as quests são randômicas, então uma partida nunca será como a outra.

The Legend of Magnador: na minha opinião, o melhor dos três. Ethan é um gladiador que chega ao mundo de Magnador sem saber como e porque, e deve descobrir uma forma de voltar ao seu próprio mundo. O que mais chama atenção é que se assemelha bastante a um RPG, como quando você encontra inimigos no mapa e a tela muda para uma espécie de arena no estilo Final Fantasy. E por falar nele, repare na música que toca quando Ethan repousa em uma inn taverna. O sistema de evolução de personagem também é bastante diferente. Muito recomendado, os mais de 8 mil downloads já feitos não são à toa.

E você, conhece algum mapa legal pra indicar?

relacionados


Comentários