Meio Bit » Baú » Games » Franquias esquecidas

Franquias esquecidas

11/02/2008 às 10:41

Certa vez escrevi um texto para o Meio Bit falando sobre cinco jogos que eu gostaria de ver refeitos. Relembrando alguns clássicos do Mega Drive com um amigo esses dias, decidi citar mais cinco títulos que foram esquecidos pelo tempo. Quero ressaltar que com exceção de um dos jogos citados, a lista foi montada com base apenas no saudosismo, portanto, a menos que algo mude no futuro, não espere por um remake desses jogos tão cedo. Então, vamos começar.

Ao contrário do que acontece hoje, durante a década de 80 os arcades reinavam entre os gamers. Com um hardware muito poderoso, invariavelmente, os fliperamas eram capazes de executar games mais belos que nos consoles. Uma das empresas com mais prestígio na época era a Namco e uma de suas criações mais idolatradas pelos jogadores atendia pelo nome Rolling Thunder.

Várias plataformas receberam conversões do jogo, mas uma das melhores é a terceira versão da franquia para o Mega Drive. Rolling Thunder era um jogo de ação onde você controlava um agente secreto que busca acabar com uma organização terrorista. Com bons gráficos, dificuldade alta e jogabilidade viciante, é de se estranhar a Namco ter esquecido da franquia.

Quem também parece ter deixado de lado outro sucesso dos arcades foi a Sega com o competente ESWAT: Cyber Police. Tendo sido um dos primeiros lançamentos do Mega Drive, o jogo se popularizou no Brasil graças ao console da empresa. Com uma ótima conversão, sendo que contava com novas fases e armas, o jogo mostrava o potencial do aparelho e deixou saudades com seu estilo parecido com o do Rolling Thunder.

Definitivamente a Sega é a empresa que mais gosta de matar antigas franquias. Super Hang On, Alex Kidd, Streets of Rage, Kid Chameleon, etc, etc, etc... A lista é imensa e para citar mais um clássico que nasceu no arcade e que depois apareceu no Mega Drive, alguns de vocês devem lembrar do Alien Storm.

Muito antes de Gordon Freeman tentar salvar a terra, um trio de heróis já realizava a façanha lutando contra seres de outro planeta nesta espécie de beat 'em up. Embora a versão do Mega Drive fosse visivelmente inferior a dos fliperamas, o jogo impressionava e possuia duas fases inéditas.

A Climax conseguiu fazer um rpg com batalhas em tempo real e que embora poucos admitam, era tão divertido quanto o The Legend of Zelda: A Link to the Past. Esse jogo se chamava Landstalker e divertiu os donos de um Mega Drive por muitos anos. Embora um remake do jogo tenha sido anunciado para o PSP (quase chorei ao ver este vídeo), não se ouviu mais falar no assunto e os fãs aguardam ansiosamente por uma confirmação.

Por último mas não menos importante, cito um dos maiores clássicos da década de 90: Battletoads. Um dos mais difíceis games já lançados, a aventura dos sapos lutadores sempre volta a memória dos jogadores e sendo bem feito, tenho certeza que seria um sucesso estrondoso de vendas.

Você deve ter notado que todos este jogos foram feitos em 2d e fica difícil imaginar como ficariam em três dimensões. De toda forma, como sonhar não custa nada, fico imaginando eles refeitos em 2d mesmo e com o poderio dos novos consoles. Quem sabe um dia...

Confira alguns vídeos mostrando a jogabilidade dos jogos citados no artigo:

- Rolling Thunder

- ESWAT

- Alien Storm

- Landstalker

- Battletoads

relacionados


Comentários