Meio Bit » Baú » Games » A magia da série The Legend of Zelda

A magia da série The Legend of Zelda

02/01/2008 às 10:34

De alguns dias para cá tenho aproveitado todo o tempo de folga para jogar The Legend of Zelda: Twilight Princess do Game Cube e notei algo interessante. Estamos jogando o mesmo game há décadas! A série Zelda cativa por sua história simples, jogabilidade refinada e direção artística impecável e isso se tornou uma constante nas aventuras de Link. Mesmo alguns títulos sendo inferiores a outros, é inegável a qualidade da série.

Em Twilight Princess isso também ocorre. A premissa básica continua presente: Mate alguns monstros, empurre umas caixas, pegue uma chave, abra uma porta, enfrente um chefe e salve a princesa. Tudo isso em um mundo gigantesco, com gráficos belíssimos e uma sensação de imersão absurda. Após algumas horas de jogo é inevitável não se sentir na pele do jovem Link.

Mas não pense que estou reclamando do jogo, muito pelo contrário. É impressionante como um jogo que não muda sua essência desde a sua primeira versão continua fascinando mesmo após 20 anos de seu nascimento. Mesmo soando como um defeito, quem jogou os primeiro jogos da série e o Twilight Princess, por exemplo, sabe do que estou falando.

Só posso desejar vida longa as aventuras de Link e torcer para que o pessoal da Nintendo não resolva inovar demais nos próximos lançamentos e perder o charme de uma das melhores séries dos videogames. Se você tiver a oportunidade de jogar o Twilight Princess, não pense duas vezes, o jogo é fantástico.

relacionados


Comentários