Meio Bit » Baú » Games » PSP vs DS. A guerra continua

PSP vs DS. A guerra continua

03/12/2007 às 10:59

Quando a Sega e a Nintendo lançaram seus consoles na década de 80, duas frentes de batalha se criaram. Os que amavam o Nes e os que morreriam por um Master System. O tempo passou, outros videogames foram lançados, mas a discussão continuou.

Vários anos após a Sony entrou na batalha, a Sega saiu, surgiu a Microsoft na briga e mesmo assim, continuaram existindo os chamados "fanboys". De uns tempos para cá, uma grande discussão gira em torno dos portáteis da Sony e da Nintendo.

No blog sobre tecnologia Gizmodo, por exemplo, um editor escreveu um texto apontando 8 motivos que podem levar o PSP a superar o DS. Os argumentos vão desde o aumento de vendas devido o lançamento da versão Slim do aparelho, uma quantidade melhor de títulos (segundo notas do Metacritic), passando por uma melhor experiência multimídia e o rumor de que a Sony estaria planejando um PSP Phone.

Prontamente, outro editor do site publicou um artigo contra argumentando a "teoria" do primeiro autor e afirmou que o DS NUNCA será ultrapassado pelo PSP, pois enquanto o portátil da família Playstation vendeu 25 milhões de unidades, o videogame de duas telas da Nintendo já ultrpassou a casa de 40 milhões, além do aparelho possuir uma grande biblioteca de títulos devido a compatibilidade com os jogos do Game Boy Advance e queo portátil consegue atrair tanto os jogadores "casuais" quanto os "hardcores".

Eu acho isso tudo uma grande bobagem. Ao mesmo tempo em que concordo com alguns argumentos de ambos, discordo de outros. Acredito que as qualidades de um portátil são os defeitos do outro e que o ideal seria ter os dois para usufruir de uma experiência completa. Eu fiz minha escolha, mas tenho quase certeza que se tivesse comprado o Nintendo DS, não teria me arrependido.

De qualquer forma, a briga continuará...

relacionados


Comentários