Meio Bit » Baú » Indústria » TechCrunch50 - Segunda parte: 16 novas empresas

TechCrunch50 - Segunda parte: 16 novas empresas

12/09/2008 às 2:29

Olá amigos do Meio Bit, neste segundo dia de conferência tivemos muitas surpresas que deixaram o público e jurados impressionados e receberam muitos aplausos. A Japonesa Tonchidot, ofereceu uma maneira inteligente de comprar, localizar informações usando uma câmera. Outra empresa que se mostrou muito promissora com o seu software de armazenamento e sincronização é DropBox. Tivemos também Swipe que deixou todo mundo de boca aberta ao ver alguém escrevendo 50 palavras por minuto em um iPhone.

Empresas que procuram resolver problemas de colaboração, mobilidade, finanças, linguagens...Vamos conhecer um pouco mais sobre as empresas que se apresentaram neste segundo dia de conferência:

Bloco1: Colaboração

clip_image002 Tingz: Com vários sistemas operacionais e plataformas hoje em dia, que tal instalar Tingz e ter somente uma interface em todas as plataformas? Os dados ficariam então sempre sincronizados e todas as plataformas. Os Juízes ficaram impressionados com o suporte multi-plataformas. E Tings promete também suporte a OpenSocial, FriendConnect, FacebookConnect.

clip_image004 Popego: Os hermãnos argentinos marcaram presença na conferência com Popego, que oferece uma Internet mais significativa (algo como juntar o Google Reader com Orkut). A grande novidade é que você pode escolher (ranking de 0 a 10) quais noticias gostaria de receber e Popego lhe mostra mais informações em acordo com sua escolha. Os jurados gostaram muito do Popego, comentaram que hoje temos mais e mais informações na internet, ficando difícil filtrar e achar o que é relevante. Eu gostei muito do “controle remoto” que eles colocaram na direita da tela, onde os canais são: Filmes, Fotos, Mensagens, etc.

MIXTT: Mixtt resolveu criar uma rede social com um objetivo bem específico: Ajudar grupos de pessoas a achar outros grupos. Apesar de acharem que encontros online é um bom negócio, falaram que Mixtt teriam dificuldade em atrair pessoas para usar, e que talvez seria melhor criar Mixtt como uma aplicação para Facebook, Orkut, ao invés de uma nova rede social.

Imindi: O objetivo de Imindi é bem audacioso: Ajudar as pessoas a pensar melhor, construindo um banco de dados coletivo na internet, usando em princípios neurocientificos. Foi recebido com receio pelos jurados, que acharam difícil que pessoas estivessem interessadas em compartilhar seus pensamentos, suas vidas.

Bloco2: Finanças e estatísticas

clip_image006 iCharts: iCharts simplifica o processo de criar gráficos, todos podem visualizar e criar gráficos interativos e elegantes com iChats. Com muitas funções como áudio, zoom, colocar dentro de um PDF com as mesmas funções. Oferecendo tags inteligentes, iCharts pode ser procurado facilmente em ferramentas de buscas. Eles criaram até um “YouTube” de gráficos. Os juízes se impressionaram com a possibilidade de se achar gráficos através de ferramentas de buscas, criando um grande valor a esta empresa. Eles acharam simples e fácil de usar.

clip_image008 Me-trics: Já pensou se fosse possível medir a quantidade de tempo que ficamos online ou jogamos Xbox, quanto dinheiro temos no banco e comparar com o nível de stress, alegria ou pressão sanguinea? Me-trics agrega e monitora o seus dados pessoais tentando achar padrões nos dados. Eles querem ser o Google Analytics para a sua vida. Muito interessante, a dica foi para oferecer um aparelho que ajudaria no monitoramento da pressão sanguinea por exemplo, deixando o mais simples possível para o usuário ver seus dados.

EmergInvest: Escolher uma empresa do seu país para investir não é difícil, nos jornais e na internet achamos muitas informações e históricos sobre as empresas. Mas e para investir em outros países? O quanto é fácil achar essas informações? Emerginvest procura resolver este problema, criando um portal onde pode-se encontrar informações de empresas dos mercados emergentes. Os juízes recomendaram a vender essas informações para outras empresas como Yahoo!,Google. O foco em mercados emergentes foi uma idéia bem recebida.

ExchangeP: Qual o valor real do Facebook? Você gostaria de comprar e vender ações de empresas que ainda não estão na bolsa? ExchangeP lhe oferece uma quantia de dinheiro virtual para você comprar e vender essas ações, que juntas mostrar o valor “virtual” da empresa. Os juízes acharam interessantes, porém acharam difícil manter o tráfico ao decorrer do tempo. Mas deram uma dica: Uma outra empresa criou um modelo de negócios interessante, onde todos poderiam visualizar os comentários porém para postar comentários era necessário pagar. E pessoas pagavam.

Personalria: A maioria das pessoas não tem nenhum conselho financeiro de alta qualidade por causa do alto custo desta mão de obra especializada. Personalria quer resolver este problema. Depois de fazer parte, você recebe um consultor que irá monitorar ações, prover conselhos e reportar a você sobre suas ações. Os juízes se mostraram preocupado com os grandes concorrentes de Personalria: Multual Funds, muito utilizados nos EUA.

Bloco 3: Celulares e Mobilidade

clip_image010 Tonchidot: Os japoneses da Tonchidot criaram a Sekai Câmera, aonde você pode visualizar o mundo real com tags através desta câmera. Andando em um shopping você poderia ver se algum amigo deixou uma “tag” para você em alguma loja. Além disso, você pode apontar para um produto e na tela visualizar o preço em outras lojas.

SekaiCameraDemoVideo of TechCrunch50

clip_image012 FitBit: Através de um pequeno aparelho, FitBit ajuda as pessoas a controlarem suas calorias gastas no dia, quantidade de sono, passos dados e pode se tornar no seu “personal trainer”, e o principal objetivo é lhe ajudar a criar metas e lhe ajudar na redução de peso. O deu fundador afirma que já perdeu 6 kg usando a bugiganga.

Mytopia: Existe um sonho dentro dos programadores: Programe uma vez e rode em qualquer sitema. Mytopia é uma plataforma que quer ajudar este sonho a tornar realidade. Através da plataforma RUGS pode-se rodar programas em Windows Mobile, iPhone, BlackBerry, Symbian, Palm OS e até no Android.

Mobclix: Cada vez mais temos aplicações para o iPhone e pensando nisso, Mobclix criou uma ferramenta para desenvolvedores, permitindo acesso a analises em tempo real.

Bloco 4: Linguagem e Ferramentas de plataforma

clip_image014 Swype: Uma empresa do mesmo criador do sistema T9 utilizado em mais de 2 bilhões de telefones no mundo inteiro, este novo método promete revolucionar o jeito de escrita em aparelhos como iPhone, smartphones e celulares. Deixou todos impressionados, e melhor que palavras, o video (em inglês, a ação começa depois de 1 minuto, veja pelo menos até os 4 minutos).

Os juízes ficaram impressionados. Eu testei pessoalmente o sistema e realmente funciona, e realmente é difícil de entender como funciona, mas tem um dicionário por trás e se há alguma palavra que o sistema não conhece, é só digitar palavra por palavra uma vez e pronto. Não tem em português ainda, mas eu testei em Inglês e Finlandês, e funciona perfeitamente.

clip_image016 Dropbox: DropBox lhe ajuda a armazenar e compartilhar e sincronizar arquivos, com a principal diferença que DropBox simplesmente funciona! Com clientes para Windows, Mac, Linux e uma interface simples e intuitiva, é um software de sucesso. Eu sou um beta-tester há 2 meses e recomendo a todos.

clip_image018 Postbox: É um cliente de email que organiza de maneira inteligente o seus emails, criando categorias como imagens e vídeos e ajudando pessoas com uma ferramenta para melhorar o gerenciamento de emails. Dentro de Postbox você pode também pesquisar fotos na barra de ferramentas e arrastar facilmente para o novo email. Dentre os juízes, Tim O’Reilly foi o que mais se mostrou interessado. Todos gostaram do produto e quando perguntaram para a audiência “Quem irá baixar esse programa? Muitos levantaram as mãos”.

clip_image020 AlfaBetic: Imagine traduzir o seu blog para as 10 linguagens mais populares da internet, aumentando a exposição do seu para novos leitores. Recebeu comentários interessantes dos jurados, mas eles comentaram que as vezes o sucesso não está somente na tradução e sim no conteúdo local de cada país.

Devunity: Oferecendo uma plataforma online, colaborativa, voltada para programadores, usando Devunity você pode começar a programar com amigos de instalar nenhum programa. Evan Williams comentou que seria difícil mudar algum projeto em andamento para Devunity, mas que há benefícios para outras pessoas / grupos em vários lugares.

Um pouco mais sobre os especialistas (ou “jurados”):

image

image

image

Tim O'Reilly

Kevin Rose

Mark Cuban

Fundador e CEO da O'Reilly Media, Inc, que publica diversos livros de programação e computadores.

Fundador do Digg

Milionário da internet, ganhou muito dinheiro com a venda de Broadcast.com para o Yahoo!

image

image

image

Evan Williams

Josh Kopelman

Om Malik

Participou de projetos como Blogger e Twitter Parceiro da First Round Capital. Jornalista com mais de 15 anos na área tecnológica.

image

image

Henry Blodget

Roelof Botha

Jornalista do Sillicon Alley Insider Parceiro da Sequoia Capital.

relacionados


Comentários