Meio Bit » Baú » Software » Windows "Workstation" 2008: 11-17% mais rápido que o Vista

Windows "Workstation" 2008: 11-17% mais rápido que o Vista

23/08/2008 às 18:46

Há alguns meses, em fóruns e websites especializados, circulam tutoriais para transformar uma instalação do Windows Server 2008 em uma estação de trabalho, habilitando funções de desktop deixadas de lado. Com isso, apelidaram ela de Windows Workstation 2008, que está fazendo sucesso entre profissionais e power users. Mas como veremos abaixo, nem tudo são flores.

Tudo começou em Fevereiro de 2008 com um engenheiro da Microsoft postou em seu blog dois artigos sobre como usar todo o poder e estabilidade do Windows Server 2008 como uma Workstation. Isso causou furor entre os especialistas de TI, desenvolvedores e power users, insatisfeitos com o Windows Vista. O movimento nessa direção cresceu bastante e hoje já existe um website especializado para os interessados.

Para os escovadores de bits, profissionais, power users e curiosos sem namorada no fim de semana, há um manual completo no Windows2008Workstation.com. Ou basta rodar o Windows Server 2008 Workstation Converter, um aplicativo do mesmo website, que efetua as mesmas alterações do manual, de forma automática e visual.

converter_general

Vantagens

1. Ganho de performance, de acordo com o Exo.Blog;
2. Gerenciamento de memória mais eficiente;
3. Consome menos ciclos de processamento;
4. É robusto, seguro e estável;
5. Hyper-V (virtualização) embutido nativamente;
6. Roda games!

Desvantagens

1. Suporte a drivers. As chances de fazer seu hardware xingling com drivers xingling² funcionarem são mais remotas.
2. Por causa do motivo de drivers, o hardware precisa ser de primeira categoria.
3. O Windows Server 2008 não irá rodar bem com pouca memória RAM. O mínimo de 2GB, recomendado 4GB e perfeito 8GB continuam.
4. Algumas empresas de software, como fabricantes de firewall e anti-vírus só instalam com a versão server de seus produtos.
5. O preço da licença da versão mais básica começa em US$ 1000,00.
6. É preciso configurar com vários passos, editar chaves de registro e rodar aplicativos para configurar. A Microsoft NÃO oferece suporte para uso do Windows Server como estação de trabalho.
7. Windows Media Center não está presente e é preciso recorrer a software de terceiros para assistir DVDs, por exemplo.

Conclusão

Há como extrair performance da mesma base de código. Ou seja, o Windows Vista ainda executa tarefas que diminuem sua performance, enquanto o servidor, mais modular, precisa ser configurado, sem badulaques ou penduricalhos visuais, como o Aero. Tudo precisa ser ativado e esse nível de controle, muitos usuários sentem falta no Windows.

Talvez o Vista Business tenha sido um erro da Microsoft. Vista Home e Ultimate para consumidores, Server e Workstation para quem trabalha parece uma estratégia melhor para agradar o perfil de uso. Eu mesmo estaria na fila para usar a versão para trabalho, modular e mais leve, com meus quase 20% a mais de performance no mesmo hardware.

relacionados


Comentários