Meio Bit » Baú » Demais assuntos » E o Gnome salvou meu Windows Vista

E o Gnome salvou meu Windows Vista

09/08/2008 às 22:14

Enquanto me preocupava se meu PC iria irromper em chamas, deixei de prestar atenção em umas travadas sinistras, quando o sistema todo congelava por alguns segundos, depois voltava ao normal. Com o tempo foi piorando. Então depois de um boot, não voltou. Colocando o DVD do Vista, comandei uma recuperação, funcionou maravilhosamente. Mas logo depois, erros em cima de erros. Por algum mistério da natureza meu HD, novo, estava cheio de erros de leitura.

Mesmo copiar os dados para outro HD era impossível. O boot do Vista levava mais de 20 minutos, e a cópia de arquivos, lentíssima.

O jeito era copiar a partição para outro HD. Mas como, se o Windows estava corrompido demais para funcionar com um Partition Magic Genérico? Quem poderá me salvar? Chapolin Colorado?

Não, o Gnome Partition Editor. Ele faz o que na época do Partition Magic era considerado bruxaria: Redimensionar, copiar e mover partições em um disco. Só que eu não iria instalar um Linux inteiro só para rodar um programa. Solução? Ubuntu live CD. MAS... eu não tinha nenhum CD do Ubuntu Foquinha Fofoqueira, ou seja lá o nome da última versão. Achei um da 6.0.6 que como todo bom Linux, me odeia, e NÃO reconheceu os HDs SATA.

Felizmente o Gnome Partition Editor vem com uma versão MARAVILHOSA: Um Live CD Whatever. SIM, uma versão bootável, montada em um debian minimalista, tamanho total 90MB.

gparted

Melhor: Vêm instruções detalhadas para instalar o programa em um pendrive. Nem um CD Virgem gastei.

Após o pavoroso (se você parar para ler todos os warnings) boot do Linux, e algumas opções de configuração, o bicho inicializa e vai direto pro GPARTED. Ao contrário do Ubuntu 6.0.6, os dois discos SATA foram reconhecidos. Movi a partição do moribundo para o novo, redimensionei (de 160GB para 250GB) e mandei copiar. Demorou uma eternidade, mas depois disso foi só desligar o disco velho, rodar o disco de recuperação do Windows para acertar o setor de boot, e partir pro abraço.

Claro, muita coisa está corrompida, o Painel de Controle por exemplo não aparece mais, mas os dados estão todos aqui, o Vista inicializa normalmente, posso copiar com calma para outro HD, e reinstalar o Sistema Operacional sem pressa.

Quanto ao pendrive, será reciclado, mas o GPARTED merece um mini-CD só pra ele.

relacionados


Comentários