Meio Bit » Baú » Fotografia » 12seconds.tv: Twitter em vídeo

12seconds.tv: Twitter em vídeo

25/07/2008 às 14:29

Apesar de todas as "baleiadas" do Twitter, ele continua firme e forte na preferência da maioria dos microbloggers. No último mês, o Plurk teve um grande crescimento, contando com adesão e participação ativa de gente grande como Darren Rowse, por exemplo, que escreveu neste período alguns artigos sobre suas impressões (positivas) com relação ao Plurk.

Estes não são os únicos serviços, mas são bons exemplos de que o microblogging está tendo um forte impacto na forma como as pessoas se comunicam hoje pela internet, seja com objetivos pessoais ou profissionais - ou ambos.

E aí, conforme este mercado cresce, surgem novas idéias de como fazer a mesma coisa de formas diferentes ou, em alguns casos, complementares.

Esta parece ser a idéia por detrás do novo serviço 12seconds.tv, que está em estágio alpha e, aparentemente, em pauta hoje. O site empresta o conceito de comunicação através de mensagens curtas e o aplica a uma outra tendência que se fortalece em paralelo na internet: vídeo. 12seconds.tv é Twitter em vídeo e, como o próprio nome deixa implícito, os vídeos têm uma limitação de 12 segundos.

As pessoas se habituaram aos 140 caracteres padrão nos microblogs. Mas 12 segundos em vídeo? Por que 12 exatamente e não, digamos, 30? Em 140 caracteres de texto, pode-se espremer, entre abreviações e links curtos, bastante informação. Mas será que 12 segundos em vídeo são suficientes?

De uma forma ou de outra, as pessoas estão testando o serviço que, para não perder o costume, depende ainda de convites que aos poucos vão se espalhando.

A idéia em si não é exatamente nova, o site Seesmic já faz algo similar, mas sem a limitação dos 12 segundos. Um outro serviço chamado Utterz (sobre o qual vou escrever em um artigo separado), ainda pouquíssimo conhecido, me parece muito mais eficiente na medida em que não restringe a comunicação a uma só modalidade: pode-se postar updates em forma de texto, imagens, áudio ou vídeo, pelo próprio site ou pelo celular e ainda permite o cross-posting do conteúdo para outros serviços e para blogs.

Eu particularmente acho interessante observar o desenrolar de todas estas formas de comunicação que a internet está nos possibilitando explorar. E a minimização da informação que foi popularizada através do Twitter tem seu espaço, caso contrário não faria tanto sucesso. Mas o que dizer do 12seconds.tv? 12 segundos não é minimização demais? O que você acha?

relacionados


Comentários