Meio Bit » Baú » Indústria » Google anuncia Prêmio Brazil Women in Technology

Google anuncia Prêmio Brazil Women in Technology

15/07/2008 às 18:21

Com o objetivo de incentivar mulheres estudantes da área de engenharia e ciências da computação, o Google lança com o apoio da Sociedade Brasileira da Computação (SBC), em uma iniciativa inédita no Brasil, o Prêmio Brazil Women in Technology (Mulheres na Tecnologia).

Ele foi anunciado hoje por Alice Bonhomme-Biais, engenheira de software do Google Nova York, após sua palestra no XXXVIII Congresso da Sociedade Brasileira da Computação sobre os desafios de trabalhar com uma ferramenta de busca comercial.

Como surgiu a idéia do prêmio:

"No Google buscamos talentos e notamos que há um baixo índice de mulheres na área de tecnologia. Quando descobrimos a iniciativa da SBC em fazer um workshop sobre mulheres e tecnologia no ano passado, fomos procurá-los para entender por que haviam poucas mulheres no mercado de trabalho de engenharia e ciência da computação", diz Patricia Prieto, gerente de captação de talentos do Google Brasil.

Descobriram que neste universo com grande predominância masculina há falta de incentivo para que mulheres seguindo cursos nestas áreas se formem.

Criaram, então, este prêmio que, inspirado no prêmio Anita Borg (que premia mulheres da área de tecnologia em vários países), receberá inscrições entre os dias 21 de julho e 8 de setembro.

Podem participar mulheres do país todo que estejam cursando graduação, mestrado ou doutorado em áreas ligadas à computação. Os prêmios irão para dez estudantes: laptops e visita ao escritório de engenharia do Google em Belo Horizonte (MG).

"Nossa meta com esta premiação é colaborar na pavimentação do terreno de atuação dessas mulheres. Mesmo que não queiram se candidatar a vagas no Google, acreditamos que as brasileiras têm enorme potencial criativo para se desenvolverem com computação", afirma Berthier Ribeiro-Neto, diretor de engenharia do Google Brasil. "Podemos colaborar para que a próxima geração de engenheiros e cientistas da computação tenha maior colaboração feminina e que as estudantes que estão em dúvida inspirem-se a ficar na área."

As estudantes interessadas em se inscrever devem fazê-lo através do site http://www.google.com/jobs/brazilwomen.

relacionados


Comentários