Meio Bit » Baú » Indústria » Mercado de assistentes virtuais está em crescimento

Mercado de assistentes virtuais está em crescimento

02/07/2008 às 15:02

Sua vida é corrida e falta tempo para aquelas tarefas que lhe fazem sonhar em ter um(a) assistente? Coisas como pesquisar e marcar passagens aéreas e hotéis, marcar reuniões, escolher um bom restaurante numa cidade que você não conhece, organizar emails, etc - inconveniências que, somadas, tomam parte preciosa do nosso tempo. Você sonha, mas pagar o salário de um(a) assistente está fora do seu orçamento, certo?

Será mesmo? Aqui no Brasil, ao que me consta, ainda não existem empresas prestando especificamente este tipo de serviço, mas sites como AskSunday.com, GetFriday.com e Elance oferecem exatamente estas facilidades a um custo bem acessível. Por US$ 19,00, por exemplo, você tem direito a utilizar os serviços de assistentes virtuais do AskSunday para 10 tarefas no mês. Cada um destes sites oferece modelos de remuneração, operação e disponibilidade diferentes, mas ainda assim, acessíveis inclusive a pessoas físicas.

E o fato de estas empresas estarem em outros países, não significa que brasileiros não possam usufruir das facilidades oferecidas. Para quem viaja ao exterior, por exemplo, pode ser particularmente interessante.

Pode parecer pouco provável que este tipo de serviço tenha demanda significativa, mas fato é que este mercado tem crescido bastante e movimentou, já no ano passado, estimados US$ 250 milhões, segundo a empresa de pesquisa Evalueserve - que antecipa que até 2015 este número atinja US$ 2 bilhões.

O uso que cada um dá ao serviço varia de pessoa para pessoa, mas há muitos clientes satisfeitos, segundo este artigo do SFGate. E, claro, há sempre aqueles que conseguem encontrar usos questionáveis, como Tim Ferriss, autor do famoso livro "The Four-Hour Workweek", que já utilizou tais serviços, inclusive, para encontrar uma namorada. Outros pedidos estranhos incluem leitura de histórias infantis para crianças pelo telefone e compra online de roupas íntimas.

Usos questionáveis à parte, este mercado de assistentes virtuais merece atenção. Ao que tudo indica, ele tende, de fato a crescer.

relacionados


Comentários