Meio Bit » Baú » Hardware » Se o Chuck Norris fosse um PDA...

Se o Chuck Norris fosse um PDA...

22/05/2008 às 16:14

Projetado para ser operado em ambiente de combate, o Guardian, da Industrial Computing é um PDA que resiste a uma queda de 2 metros no concreto, sobrevive a contato com água, terra, poeira e interferência eletromagnética. A quantidade de recursos é impressionante, deixa até o N95 para trás, vejam:

industrialcomputing_guardian

  • Tela VGA de 3,7 polegadas, touchscreen
  • Processador Marvell PXA270 de 624MHz
  • 256MB de RAM
  • 256MB de memória FLASH
  • Slot para cartão Compact Flash
  • WIFI
  • Bluetooth
  • GPS SIRFIII
  • Modem celular
  • Duas portas USB host
  • Uma porta USB client
  • Duas portas RS232
  • Uma porta Ethernet
  • Microfone interno
  • Bateria de 8 horas de duração
  • Sistema Operaciona Windows Mobile 6 ou Windows CE 5

O PDA-Chuck Norris foi projetado para ser usado mesmo com luvas, e pela quantidade de portas provavelmente será parte de sistemas de controle de outros equipamentos, cumprindo funções como repassar alvos para unidades de artilharia, fazer download de link de dados de UAVs ou controle de robôs em situações de combate.

E como o Guardian não será usado pelo Chuck Norris, há chance do soldado ser capturado, então existe um botão de suicídio, que apaga toda a memória do aparelho com um toque, incluindo o cartão Compact Flash. Não temos dados de preço ou peso, mas como todo produto vendido para os militares, deve custar uma fortuna e os soldados reclamarão que é pesado.

Fonte: Windows for Devices

relacionados


Comentários