Meio Bit » Baú » Fotografia » Profundidade de Campo

Profundidade de Campo

06/05/2008 às 19:52

profundidade de campo

O post de hoje é baseado em uma pergunta feita no Fórum de Fotografia Digital aqui do Meio Bit. A usuária virginiarcruz colocou a seguinte pergunta:

"Pessoal, queria saber se tem como fazer um foco seletivo (deixar uma imagem nítida e o fundo desfocado) numa câmera digital comum, sem ser essas câmeras profissionais. Será que tem como fazer? Já me disseram que sim, mas nunca consegui."

Bem, o que a Virginia chamou de desfoque do fundo da fotografia nada mais é do que a profundidade de campo. Muito utilizada como expressão artística e para dar um charme a mais nos retratos, ele nada mais é do que uma característica das lentes e do diafragma. A profundidade de campo é a região da área a fotografar que ficará nítida, desde que corretamente focalizada. Todos os elementos fora da área de nitidez, entre a lente da câmera e o fundo, ficarão, em maior ou menor grau, desfocalizados. Dessa maneira, independente da forma de foco que sua câmera está usando (isso fica para outro artigo), o que está sendo focado é uma faixa contínua. Por isso, se você focar um determinado assunto no centro de sua lente, você pode movimentar a câmera para colocar o objeto no canto ou nos lados do enquadramento e o foco vai continuar no objeto.

Quanto maior a profundidade de campo, maior vai ser o plano onde os objetos estarão focados (menor desfoque no fundo). Quanto menor a profundidade de campo menor será essa faixa de foco (mais os objetos no fundo estarão desfocados). Uma observação interessante é que com pouca profundidade de campo não apenas o que está ao fundo, mas o que está a frente do objeto focalizado também ficará fora de foco, embora em menor intensidade.

Três coisas vão influenciar a profundidade de campo.

- Abertura do diafragma;

- Distância focal da lente;

- Distância do objeto fotografado;

O melhor controle da profundidade de campo vem através da abertura do diafragma (para entender a questão da fotometria e da abertura do diafragma leia esse texto antes). Quanto mais aberto o diafragma, menor será a profundidade de campo. Lentes com abertura de f/1,4 tornam impossível a realização de retratos, pois ao deixar uma parte do rosto focado o resto se perde.

A distância focal da lente também tem grande influência na profundidade de campo. Quanto mais zoom você aplicar em sua objetiva, menor vai ser a zona de foco na imagem.

O terceiro fator que influencia na profundidade de campo é a distância da lente ao objeto fotografado. Quanto mais longe do objeto maior será a profundidade de campo, tornando quase todos os planos da foto nítidos.

Dessa maneira, para obter o maior ou menor efeito de desfoque em suas fotos, o ideal é levar ao extremo os três fatores citados acima. Você vai necessitar de uma lente com grandes aberturas (nem tanto, pois f/4,5 já dá para brincar), uma maior distância focal (100mm já é suficiente) e estar o mais perto possível do objeto fotografado (por isso que retratos ficam bons com o fundo desfocado). Porém, nas câmeras digitais compactas existem algumas limitações. A principal delas é o tamanho do sensor fotográfico. Como os sensores são pequenos, o fator de corte leva a necessidade de lentes com um comprimento focal muito pequeno. Por isso que, mesmo com grandes aberturas de diafragma e com o comprimento focal acima de 100mm, é muito complicado dar o efeito de desfoque nas fotos.

Porém, o fato das compactas possuírem uma grande profundidade de campo tem suas vantagens. O sensor pequeno e a baixa distância focal das lentes, aumenta em muito a distância mínima de foco, o que favorece a realização de fotos macro.

relacionados


Comentários