Meio Bit » Baú » Indústria » Apple bate recorde histórico de faturamento

Apple bate recorde histórico de faturamento

25/04/2008 às 2:07

Foi o melhor resultado anunciado nos últimos 20 anos, com um aumento no faturamento bruto de nada menos que 43%. O carro-chefe foram os Macbooks, com faturamento 58% maior em 2008 que 2007 seguido por serviços de software com 53% e desktops, com 48%. Seu crescimento foi tão bom, que os especialistas de mercado já dizem que se uma recessão existe, com certeza o campo de distorção da realidade funcionou direitinho e empresa se descolou dela.

Apesar de seu marketshare ser baixo comparado ao da Microsoft, a estratégia de marketing da Apple, somada com uma certa repulsa ao Vista, fizeram com que muitos consumidores adotassem Macs e o OSX. E algo está mudando também no mercado: a Apple está chegando ao ambiente corporativo, reduto histórico da Microsoft.

0208rev1

Um dado interessante: sabe de onde vem o enorme lucro com a venda de iPhones? Mercado cinza, ou seja, todos que compram telefones para uso em mercados não-oficiais da Apple. As lojas da empresa estão tendo problemas em manter o estoque, o que significa que esses iPhones destravados estão sendo na verdade ativados em outros países, longe da AT&T, que está com bons estoques do telefone em suas lojas. Ao todo, foram vendidos 1 milhão e 730 mil iPhones, sendo que nem todo o faturamento foi contabilizado.

Ao todo, apenas nesse último trimestre, foram vendidos 2 milhões e 289 mil Macs (desktop e notebook) e 10 milhões e 640 mil iPods. Nada mal.

E com o crescimento da plataforma da Apple, iPhone + Macs, há cada vez mais interesse em desenvolvedores. O Software Development Kit do iPhone teve nada menos que 200 mil interessados e parece que o interesse do iPhone Enterprise, que irá integrar o telefone com o Microsoft Exchange também possui enorme interesse.

Depois de ler todos os números, meu arrependimento foi não ter comprado ações da Apple em 2005. Desde 2005, o valor das ações da empresa na bolsa de valores quadruplicaram.

Fonte: eWeek Apple Watch

relacionados


Comentários