Meio Bit » Baú » Fotografia » Câmeras Refurbished

Câmeras Refurbished

16/04/2008 às 11:33

cameras refurbished

Essa semana decidi comprar uma câmera compacta para levar na bolsa. O objetivo é estar preparado para algumas cenas fantásticas que acabamos encontrando no dia a dia e não estamos com equipamento em mãos para registrar. Como se tratava apenas de um equipamento estepe, decidi encarar uma compra via Mercado Livre. Na minha procura levei em consideração várias características como o zoom ótico, a definição máxima, o tamanho do sensor, qualidade de imagem, o tipo de mídia de armazenamento e a bateria que a câmera usava. Depois de muito procurar me decidi pela Fuji Finepix A600 de 6 megapixels. Para os parâmetros digitais é uma câmera antiga. Foi lançada em fevereiro de 2006. Porém, é equipada com o Super CCD HR de 1/1,7 polegadas, tem uma boa lente e usa pilhas AA.

Achei uma oferta no Mercado Livre muito boa. Na verdade excelente. A câmera estava sendo vendida por R$ 249,99, estava classificada como nova e o vendedor fornecia nota fiscal do produto. Não levei em consideração o velho dito popular que fala que quando a esmola é muita o santo desconfia e fiz a compra. Quando o produto chegou em casa e vi a caixa do mesmo acabei por descobrir toda a verdade. A câmera era "refurbished" (recondicionada). Existem vários mitos que cercam os equipamentos que são vendidos de forma ilegal nas fronteiras do Paraguai. Um deles é que as câmeras vendidas por lá são de lotes que não passaram pelo teste de padrão de qualidade das fábricas. O outro é que a maioria são câmeras "refurbished" compradas a preço de banana e depois vendidas como novas a consumidores por até 30% mais baratas do que uma câmera em lojas confiáveis.

Mas, o que é uma câmera "refurbished"?? São câmeras que apresentaram defeito e são devolvidas às fábricas quando o consumidor efetua a troca no prazo de garantia estipulado pela loja. Ou, no caso de países desenvolvidos (que não é o caso do Brasil), a legislação permite que o consumidor troque o produto sem dar nenhuma satisfação. Ele pode não ter gostado da cor do botão seletor do equipamento. Ele vai até a loja e troca a câmera, em perfeito estado, por outra de seu agrado. Em ambos os casos o fabricante não pode vender mais essa câmera como nova. Para minimizar o prejuízo ela é reembalada em uma caixa genérica (bem diferente da embalagem original) e revendida por um preço bem abaixo do mercado e com uma garantia limitada de 3 meses.

Antigamente era fácil reconhecer esse tipo de equipamento. As caixas eram bem diferentes e havia uma identificação no número de série da câmera. Hoje em dia as caixas estão bem parecidas e só quem conhece essa história acaba identificando esse tipo de câmera. Outra coisa que dificulta o reconhecimento é que a maioria dos contrabandistas se livram da caixa do equipamento para diminuir o volume e facilitar o transporte pela fronteira. Mas, o consumidor mais atento vai saber identificar o engodo. Não existe milagre de preço. Se uma câmera é encontrada por uma certa faixa de preço e alguém aparece vendendo por um valor até 30% menor, desconfie. Esse pode ser um equipamento "refurbished".

Nada contra essa prática. Se me avisar que é um equipamento recondicionado (que mesmo assim foi revisado pela fábrica antes de ser vendido) eu posso efetuar a compra sem problema. Mas, vender como novo e sem nenhum aviso chega a ser crime. Admito que fui ingênuo. Acreditei que a câmera estava por um preço baixo por conta de ser antiga e estar empoeirando em algum estoque. Mas, fiquei frustrado porque uma das vantagens de se comprar uma Fuji é a sua garantia internacional que é aceita por todas as autorizadas do mundo. Vouficar com a câmera porque gostei do equipamento e as fotos apresentam boa qualidade. Mas, me senti enganado. Dá próxima vez vou prestar mais atenção.

relacionados


Comentários