Meio Bit » Baú » Fahrenheit 9/11: minha opinião

Fahrenheit 9/11: minha opinião

28/06/2004 às 5:18

Neste sábado finalmente assisti ao tão comentado e polêmico Fahrenheit 9/11, o documentário de Michael Moore que ganhou a palma de ouro em Cannes.

Michael Moore definitivamente escolheu o ano certo para lançar o filme, já que trata-se de uma crítica duríssima ao presidente George W. Bush. Com as eleições a praticamente 6 meses, o ataque político ao governo vai do início até o último segundo de filme. Entremeado por cenas do jornalismo de televisão, o documentário explora os vários lados do Presidente, atacando-o por diversos ângulos. A maioria dos fatos apresentados são verdadeiros, mas alguns são claramente manipulados pela produção, como o que ocorre em campanhas políticas (mera coincidência ?). A associação da família Bush com os grupos sauditas, por exemplo, não somente é verdadeira, como claramente obscurecida pela imprensa americana. Há muita coisa no filme que deveria ser investigada mais a fundo, e punições levadas a sério. A Conexão Halliburton, por exemplo, cujo ex-CEO Dick Chenney e atual vice-Presidente dos EUA parece estar envolvido em muitos contrátios milionários de reconstrução no Iraque. Os fatos que levaram os EUA a esta guerra no Iraque.

Chamou-me atenção que, ao final do filme, a audiência bateu palmas. Claro que a maioria dos que estavam na sala de cinema são anti-Bush, mas mesmo assim com isso pode-se entender um pouco do pensamento que passa pela mente dos americanos neste momento.

O meu único desejo é que eles voltem bem neste ano. E que a vitória seja por pelo menos mais de um Estado...

relacionados


Comentários