Meio Bit » Arquivos » Miscelâneas » Júlio Verne - volta ao mundo em 90 minutos

Júlio Verne - volta ao mundo em 90 minutos

04/04/2008 às 13:00

Imagine uma nave do tamanho de um daqueles ônibus de dois andares ingleses. Lance no topo de um foguete, acelere até uns 27.000 Km/h, mande ela navegar sozinha até uma estação espacial e acoplar-se, com uma precisão de 2Cm.

Foi o que a Agência Espacial Européia conseguiu. O projeto ATV - Autonomous Transport Vehicle, que custará no total US$2 bilhões e produzirá 5 naves completou todos os testes e fez seu primeiro vôo completo, levando 5 toneladas de carga para a Estação Espacial Internacional.

Com isso a Europa se torna o terceiro país grupo conglomerado Programa Espacial a dispor de capacidade de transporte de carga para a Estação Espacial.

Os veículos da classe ATV são inclusive modulares. Pode-se acoplar um no outro, e montar uma mini-estação espacial temporária.

Lançado dia 9 de Março, da base francesa da Guiana, o Júlio Verne ficou quase um mês em órbita, sendo submetido a uma bateria de testes, antes de ser autorizado a acoplar com a Estação. A navegação da nave é feita via GPS, com auxílio de lasers para manobras de proximidade.

Com a aposentadoria da frota de Space Shuttles prevista para 2010, os ATVs europeus serão a única nave capaz de levar grande quantidade de carga para a Estação, enquanto os Progress russos levarão astronautas e cosmonautas.



vídeo do acoplamento

O nome da nave, claro, foi uma homenagem, muito bem merecida ao escritor de Ficção Científica francês que antecipou boa parte do século XX em livros como 20.000 Léguas Submarinas. Entre a carga levada na primeira missão está uma das primeiras edições ilustradas de Da Terra à Lua.

Fonte: Houston Chronicle

relacionados


Comentários