Meio Bit » Baú » Indústria » P2P é pirataria mas tem um lado bonitinho também

P2P é pirataria mas tem um lado bonitinho também

02/04/2008 às 17:19

Sejamos sinceros: emule, bit torrent, napster, todos esses serviços surgiram e são usados para troca de conteúdo ilegal. Para cada música legitimamente disponibilizada no bit torrent, temos mais de um milhão de cópias ilegais.

Mesmo assim culpar a TECNOLOGIA por seu mau uso é burrice. É o corno que acha a mulher com o melhor amigo no sofá, e vende o sofá. Claro, a indústria fonocinematográfica é essencialmente composta de cornos, pois eles ADORAM demonizar a tecnologia, desde o tempo em que foram até a Suprema Corte dos EUA contra os videocassetes, que iriam ACABAR com a televisão.

nem tudo que é pirata é feio...

Entretanto o Canadá não é tão corno assim, e aliás não têm o MENOR problema de se aliar com gente "questionável" para divulgar seu conteúdo. (questionável entre aspas por ser questionado pela RIAA, MPAA e outras organizações igualmente questionáveis).

Tanto que fizeram um acordo com o popular site de torrents MININOVA, para distribuir seu programa Canada's Next Great Prime Minister, através de torrents disponibilizados no site. A série será disponibilizada um dia após ter ido ao ar pela TV, em formato 720×486 XViD, sem nenhum tipo de DRM.

Espero que o pessoal de South Park siga o mesmo caminho, e que no futuro, quando os programas forem todos monetizados via merchandising e outras técnicas mais eficientes do que simples inserção de comerciais, sites como o Mininova ganhem o dinheiro e a legitimidade que merecem.

Fonte: Mininova (mas só passei para ver se tinha alguma notícia, juro!)

relacionados


Comentários