Meio Bit » Baú » Demais assuntos » Licença do Safari cria um buraco negro, consome a si mesma e destrói o Universo

Licença do Safari cria um buraco negro, consome a si mesma e destrói o Universo

27/03/2008 às 14:28

Steve Jobs foi longe demais.

Em uma prova de que só o Stallman presta atenção nessas licenças de software, a Apple conseguiu contradizer a si mesma, publicando o Safari for Windows sob uma licença que, se aceita, proíbe o uso do software em máquinas Windows.

"This licence allows you to install and use one copy of the Apple Software on a single Apple-labeled computer at a time"

Eu não acho que muitas máquinas rodando Windows sejam classificadas como "Apple-labeled computers".

O resultado foi uma fissura no espaço-tempo continuum, que em algumas horas destruirá toda a Criação.


Direto de Cupertino, ou o que sobrou da cidade

Entretando, ainda há esperança. Advogados, que em geral estão associados às Forças da Destruição, avaliaram o acordo e concluíram que cláusulas que gerem paradoxos de tal magnitude são invalidadas por algo chamado "cláusula de impossibilidade", e se você acha que isso faz parte da piada, leia o final deste artigo.

Disclaimer: A imagem acima é meramente ilustrativa, e não representa um Buraco Negro. Na verdade é um Buraco de Verme.

relacionados


Comentários