Meio Bit » Baú » Software » Seja livre!

Seja livre!

17/03/2008 às 14:30

Se você está cansado da tirania opressora dos porcos capitalistas que insistem em cercear sua liberdade de escolha (a temida aliança Microsoft-Illuminatti-Receita Federal), aqui está a solução: OSalt.com.

O site é direto ao ponto: "... seu guia rápido dos melhores programas Open Source". Com uma lista de categorias que vai de "Business" a "Web development", há variadas alternativas "livres" para aquele programa que custa os olhos da cara.

A idéia é boa e como estava precisando mesmo de uma alternativa ao ótimo FRAPS, usado para gravar partidas de UT3, entre outras coisas. Fui lá, feliz e contente, iniciar a busca. Eis que o site me mostra o Taksi como a melhor escolha. Marcado com 3 estrelas (de um total de 5) e, ainda por cima, gratuito, fez minha alegria.

Infelizmente o programa se mostra muito aquém da versão "closed source"... mas isso não invalida a idéia do site. Certo? Vejamos... vamos à lista dos "top ten" e seus respectivos pares (considerando a plataforma Windows):

1. Photoshop (Paint.NET) - Sou só eu ou alguém mais acha que o Paint.NET precisa comer MUITO feijão até ser uma alternativa viável ao Photoshop?

2. Visio (Dia) - O Dia não é ruim, muito pelo contrário. Mas está anos-luz atrás do programa da Microsoft.

3. Norton Ghost (Ghost Unix) - Este, nunca usei. Mas, como a primeira opção é o Partition Image (que não roda em Windows, mas está presente em quase todos os LiveCDs) e esta é uma ferramenta usada por usuários mais avançados, acredito que a alternativa livre realmente compensa mais.

4. Nero Burning ROM (InfraRecorder) - A versão do IR é a 0.44... particularmente, prefiro o SilentNight Microburner. Mas não dá pra ver suas entranhas, então, não posso opinar neste tópico.

5. AutoCAD (BRL-CAD) - Sem comentários.

6. Dreamweaver (Mozilla SeaMonkey) - Mostrei essa a um amigo, webdesigner. Ele teve que ir ao banheiro, de tanto rir.

7. Illustrator (Inkscape) - Já ouvi falarem muito bem do Inkscape, mas duvido muito que a versão 0.45 seja superior ao CS3...

8. Final Cut Pro (#) - Não apareceram alternativas, mas o Wallacy cuidou disso.

9. Movie Maker (#) - Mesma coisa.

10. Microsoft Publisher (Scribus) - Aqui eu vejo ponto a favor do Open Source. O Scribus tem certa fama e, continuando o ritmo de desenvolvimento, vai deixar seu rival para trás rapidinho (há quem diga que já deixou).

A lição que ficou: se você precisa de um programa razoável, para uso esporádico, vá em frente e use os "Open Source". Senão, amigo... enfie a mão no bolso e compre algo realmente produtivo.

"And remember: If you want success, open source is the way to go."

relacionados


Comentários