Meio Bit » Baú » Miscelâneas » Ziff Davis entra com pedido de falência

Ziff Davis entra com pedido de falência

10/03/2008 às 6:30

A Ziff Davis Media, dona de publicações como a PCMagazine, Electronic Gaming Monthly, ExtremeTech e 1up.com entrou com pedido de falência sob o Chapter 11. Isso significa que a empresa pediu proteção dos credores sob supervisão judicial para se reorganizar. A lei que rege a liquidação de uma empresa é o Chapter 7, na qual ela encerraria operações e seus ativos seriam vendidos para quitar os passivos com credores.

Trazendo isso para a realidade brasileira, seria o equivalente à Recuperação Judicial ou Extrajudicial, de acordo com a Lei 11.101/1995, conhecida como a nova Lei de Falências¹, que demorou 13 anos para ser aprovada. Ela tornou-se mais parecida com o Chapter 11 americano cujo foco é recuperar a empresa.

A Ziff Davis é uma empresa especializada em publicações técnicas há mais de 20 anos e é um dos típicos representantes da "velha mídia" na área de tecnologia, fundada antes da revolução que a Internet trouxe. Ao mesmo tempo que temos cada vez mais acesso à "informação gratuita", há um custo real para criar esse conteúdo. Isso acaba desafiando o modelo de negócios em como raios capitalizar em um website como o ExtremeTech, que possui em um dia, segundo dados de 2004, 1,5 milhão de visitantes únicos.

Praticamente todos na geração atual na área de TI foram, de uma forma ou de outra, influenciados e/ou informados por uma publicação da Ziff Davis, principalmente através da PC Magazine. Mas algo é claro: mudamos a forma de obter informações. A última revista impressa que tenho está com data antes de 2000, o Jurássico da tecnologia.

Fonte: VNunet

¹ O Brasil possuía uma proteção judicial chamada Concordata, que era usada, na maioria das vezes, de forma desonesta por empresários. Eles se aproveitavam do tempo ganho para desmantelar as empresas, constituir novas e sair livre de dívidas. Isso levava pequenas e microempresas à falência por não poder honrar dívidas, criando um efeito cascata. Por volta de 70-80% das empresas eventualmente entravam em processo liquidação. Fonte: Última Instância

relacionados


Comentários