Meio Bit » Baú » Miscelâneas » A versão eólica de um pico de voltagem

A versão eólica de um pico de voltagem

26/02/2008 às 11:32



Embora seja uma boa forma de conversão (não existe "geração" de energia), usar a força dos ventos tem seus revezes. Da mesma forma que uma hidroelétrica não aguenta excesso de chuvas e transborda, uma ventania que exceda os parâmetros estruturais de um moinho gera resultados catastróficos e espetaculares, como no vídeo acima.

Foi a Dinamarca, dia 22, e não foi uma, foram DUAS turbinas destruídas por uma ventania de 100Km/h. Para dar uma idéia da escala, a torre do vídeo tem, ou melhor, tinha 60m de altura.

Críticos do uso de energia eólica apontam a grande necessidade de manutenção, a poluição visual causada por centenas de "cata-ventos" em uma planície e o risco para aves (incluindo andorinhas européias. As africanas não são migratórias), mas não alertavam contra riscos como o do vídeo.

A Ministra do Clima (que chique um país com Ministério do Clima), Connie Hedegaard, afirmou que o acidente foi fruto de falta de manutenção. Segundo o porta-voz da empresa responsável, Vestas, há 35.000 turbinas eólicas no mundo, mas não são infalíveis.

Mais um motivo para investigar o motivo de 35.998 34.998 funcionarem bem e DUAS explodirem na Dinamarca.

Fonte: jp.dk

relacionados


Comentários