Meio Bit » Baú » Indústria » Recado para a Microsoft: deixem o Yahoo! de lado e comprem a SAP

Recado para a Microsoft: deixem o Yahoo! de lado e comprem a SAP

25/02/2008 às 15:06

Em um excelente artigo no The New York Times, o jornalista Randall Stross expõe os motivos de como a compra do Yahoo! é na verdade um péssimo negócio para a empresa: perda de talento, problemas de integração, empresa com mercado e negócios em declínio, poucos clientes corporativos e uma tentativa de entrar em um mercado que o Google é proficiente.

Ao invés disso, segundo o Professor Cusumano, do Massachusets Institute of Technology, a Microsoft deveria investir onde é realmente forte e ficar ainda mais. As duas maiores empresas do mundo no ramo de aplicativos que ajudam empresas funcionar são a SAP e a Oracle. Para quem não trabalha com TI, o SAP é um ilustre desconhecido, mas ele possui módulos para controle de recursos humanos, folha de pagamento, redes de distribuição, controle financeiro, controle e gerência de estoque e normalmente empresas adaptam-se ao modelo proposto de gestão. Quem usa? Petrobras, Coca-Cola, Infoglobo, Vale do Rio do Doce para citar alguns exemplos.

A Microsoft está bem nas empresas. Windows e Office são ubíquos e os excelentes Windows 2003 Server e SQL Server 2005 mostraram que seus produtos tem cacife para ir de encontro com os grandes concorrentes.

Não consigo deixar de concordar com eles. Faz muito mais sentido ser acionista da SAP que já tem uma enorme tradição, fatura bilhões de dólares e vende software, serviços, consultoria, caríssimos por sinal, para empresas médias, grandes e corporações. O Microsoft Dynamics não é exatamente um padrão de mercado e como disse o professor do MIT: é muito melhor ter um punhado de empresas entre as 500 maiores do mundo do que milhões de usuários de e-mail que não pagam nada por isso eventualmente clicando em anúncios.

Para mais detalhes, não deixe de conferir o excelente artigo Maybe Microsoft Should Stalk Different Prey

relacionados


Comentários