Meio Bit » Baú » Games » Novo CEO da Square-Enix diz que localização de Final Fantasy Type-0 pode acontecer, mas não promete nada

Novo CEO da Square-Enix diz que localização de Final Fantasy Type-0 pode acontecer, mas não promete nada

CEO da Square-Enix diz que cuidará pessoalmente do caso de localização de game do PSP, mas avisa para os fãs não ficarem muito esperançosos

16/08/2013 às 16:45

final-fantasy-type-0

Final Fantasy Type-0 é, eu arrisco dizer, um dos melhores títulos da franquia nos últimos anos, principalmente por sair do lugar comum e flertar com o estilo de jogo que já havia sido usado pela Square-Enix em Crisis Core: Final Fantasy VII e The 3rd Birthday, porém de forma expandida. Curiosamente o único game do PSP que conta com dois UMDs de jogo, o título acabou ficando restrito ao Japão, já que ele nunca foi localizado devido falta de interesse da empresa e corte de despesas, além de ter sido lançado no fim da vida do portátil, fato esse que a Square usou como desculpa anteriormente para os fãs.

Entretanto as coisas parecem estar mudando aos poucos. Após a renúncia de Yoichi Wada do cargo de CEO e a entrada de Phil Rogers, a empresa começou a entrar nos trilhos, ainda que de forma tímida. Uma das novas abordagens é a de desenvolver experiências mobile no nível de games de console, o que já rendeu o interessante Deus Ex: The Fall. E aparentemente Rogers é mais atento aos clamores do público, tanto que publicou a seguinte nota após verificar os incessantes pedidos dos fãs para que a Square lance Type-0 no ocidente:

"Eu vi a página no Facebook e escutei seus pedidos claramente. Eu postei que esta será uma das primeiras coisas das quais irei cuidar. Esta não é uma questão fácil de se resolver, mas eu verei isso e os manterei atualizados na medida do possível."

Entretanto Rogers foi bem claro ao dizer aos fãs para não nutrirem muitas esperanças:

"Entretanto eu mencionei para que as pessoas não fiquem esperançosas, já que localizar games antigos (FF Type-0 é de 2011) às vezes não é possível, ao passo que o time de desenvolvimento foi alocado em novos projetos. Mas eu irei cuidar disso com carinho".

Não é muita coisa, mas é um começo. Ainda que eu não acredite que a Square-Enix se dará ao trabalho de localizar um game do PSP de dois anos de idade a essa altura do campeonato (ainda mais estando envolvida com tantos projetos relacionados à franquia), pelo menos Rogers bancou o bom moço de relações públicas e deu uma posição educada, mesmo que não dê em nada. Afinal, para quem está esperando há tanto tempo, mais um pouco não vai doer.

Fonte: VG24/7.

relacionados


Comentários