Meio Bit » Baú » Games » O grandioso (talvez demais) universo de X Rebirth

O grandioso (talvez demais) universo de X Rebirth

X Rebirth promete ser um dos mais complexos simuladores de espaçonaves, mas será que tantos detalhes não podem prejudicar o resultado final?

13/08/2013 às 11:30

x-rebirth

Na minha opinião, uma das piores coisas que podem acontecer a um game é a expectativa exagerada criada em torno dele, o famoso hype. A lista de títulos que foram destruídos por causa disso é imensa e espero, com todas as minhas forças, que o vindouro X Rebirth não seja um deles.

Em desenvolvimento há sete anos nos estúdios da Egosoft, o jogo está previsto para chegar aos computadores no dia 19 de novembro, sendo o próximo capítulo da série X Universe e se os anteriores conquistaram vários fãs por entregar uma simulação espacial de qualidade, o que eles estão prometendo para este é tão complexo que chega a ser incrível.

Contando com diversos tipos de espaçonaves, enormes cidades e fábricas que podem ser exploradas de inúmeras maneiras, inclusive andando a pé essas instalações, tudo o que fizermos poderá afetar a economia do lugar, desde a destruição de parte de uma estação espacial até o aniquilamento de uma pequena nave de transporte.

"O nosso objetivo com o X Rebirth era atingir uma escala enorme. Não me refiro ao tamanho físico do universo, o que é fácil de se fazer. Estou falando sobre um universo vivo e repleto de vida," explicou o chefe do estúdio, Bernd Lehahn.

O projeto do X Rebirth é tão ambicioso que este pode ser justamente o seu problema, fazendo com que a desenvolvedora se perca entre tanta complexidade e se palavras não são suficiente para descrever o quão promissor este título parece, te aconselho a dar uma olhada nos trailers abaixo e depois me diz como não torcer para que o jogo seja tão bom e detalhado quanto está parecendo.

*Obrigado ao Cardoso, que mesmo indiretamente me deu a ideia para o título deste post.

[via Gamasutra]

relacionados


Comentários