Meio Bit » Arquivos » Indústria » Solução VoIP da Microsoft

Solução VoIP da Microsoft

10/02/2008 às 17:24

Só faltou dizer que a idéia foi criada por eles: Agora, junto com a família Office, integração total ao MS Exchange Server, MS Active Directory, e é claro, ao MS Windows, também existe o "Microsoft Office Communications Server 2007"[1]. No site VoIP As You Are, também da Microsoft, existe duas centrais telefônicas, super simpáticas, conversando e dizendo que o VoIP é implementado por software, não por hardware.

Referindo-se a algumas implementações VoIP mais complicadas, feitas diretamente em roteadores e switches, a Microsoft tenta cada vez mais expandir os domínios do MS Office além da suíte de escritórios para computadores e dispositivos móveis, e agora está investindo em telecomunicações para ambiente corporativo. O (respira fundo) Microsoft Office Communications Server 2007 provê Instant Messaging, telefonia VoIP e vídeo-conferência aos seus consumidores. Um Trial está disponível para download gratuitamente, possibilitando a avaliação por até 180 dias. (Aviso, alto requerimento de hardware.)

Interessante lembrar que, a solução via VoIP baseada em software já existe há um bom tempo, está altamente consolidada e continua em plena expansão em todo tipo de empresas. O software é livre e chama-se Asterisk PBX. A utilização do Asterisk é diversificada, e você pode construir toda a estrutura de ramais utilizando apenas software: Asterisk no servidor e clientes VoIP nos computadores (como o OpenWengo), ou o gadget que você preferir para ficar em cima da mesa e tocar ao receber uma ligação. Adicionando uma placa da Digium (ou alguma compatível) e um tronco E1 no servidor Asterisk, ele fará ligações "pra fora" dos ramais, mantendo também a mesma estrutura que você utilizou. Ao invés de comprar uma central telefônica, que são caras e possuem várias limitações dos fabricantes, o custo da implementação do Asterisk é bem menor.

Porém, a sacada da Microsoft será justamente utilizar aquilo que ela tem em maior quantidade: usuários. Integrando sua solução VoIP-e-tudo-mais baseada em software ao Microsoft Office, que é mundialmente utilizado, a adaptação dos usuários e a aquisição pelos compradores é quase transparente, e o Office Communications Server 2007 deverá percorrer o mesmo caminho de sempre: Começa humilde, funciona relativamente bem, os early-adapters vão chegando, os recursos vão evoluindo e, se a concorrência (livre ou proprietária) não se mexer, ela consegue outro monopólio. MS Access, MSN Messenger e Internet Explorer (além de outros softwares) são bons exemplos que a tática funciona muito bem.

Então, Asterisk? A vantagem do Office Communications Server 2007 é a integração nativa com os outros produtos da plataforma Microsoft. Como vai ser a briga daqui pra frente? Pois pra mim, que vença o melhor...

[1]Comentário maldoso: Por que a maioria dos nomes de softwares da Microsoft tentam passar uma idéia de produtividade, empresa, escritório, coisas assim? Americanismo desnecessário...

relacionados


Comentários