Meio Bit » Baú » Games » O novo Wolfenstein e a vantagem em trabalhar com uma grande editora

O novo Wolfenstein e a vantagem em trabalhar com uma grande editora

MachineGames fala sobre as vantagens de se criar um jogo para uma grande editora, permitindo que se preocupam apenas em entregar o melhor produto possível.

09/08/2013 às 11:30

 wolfenstein-the-new-order

Você já deve ter visto vários textos meus por aqui onde defendo os jogos independentes, como eles podem trazer criatividade à indústria e a maravilha que deve ser trabalhar sem ter que prestar contas a uma grande editora. Mas e o outro lado? Será que é mesmo tão ruim saber que as contas serão pagas e que todo o processo burocrático ficará sob a responsabilidade dos outros?

Pois foi sobre isso que falou Andreas Öjerfors, designer de jogabilidade do Wolfenstein: The New Order, título que está sendo desenvolvido pela MachineGames e que será distribuído pela Bethesda. Ao ser questionado se estão preocupados com o futuro da franquia, ele disse:

Nós realmente não pensamos nisso. Nós amamos o Wolfenstein e queremos criar o melhor Wolfenstein já feito – que não seria apenas um ótimo Wolfenstein, mas também um ótimo jogo. É aí que residem nossas prioridades. Nós não pensamos muito no lado dos negócios, pensamos sobre se fizermos um grande jogo, as pessoas gostarão dele, certo? É assim que pensamos.

Nós não somos caras de negócios, nós fazemos jogos. A Bethesda e a Zenimax podem se preocupar com o lado comercial, mas nós temos que fazer games.

Este seria certamente o cenário ideal, mas todos nós sabemos que nem sempre é assim que a banda toca e que no fim das contas quem fala mais alto é o dinheiro. A MachineGames não está preocupada em criar um jogo comercialmente viável? Ok, mas será mesmo que a editora não influenciará no seu desenvolvimento, forçando a inclusão de funções que ajudem a vender mais um pouco e que podem comprometer a produção? Veremos.

[via Polygon]

relacionados


Comentários