Meio Bit » Baú » Hardware » Crossbar — Tecnologia revolucionária de memória da semana

Crossbar — Tecnologia revolucionária de memória da semana

Crossbar, basicamente uma startup, afirma que vai chacoalhar o mercado multibilionário de memória flash com a tecnologia RRAM, que em teoria permite armazenar um terabyte (1 TB) num único chip.

08/08/2013 às 6:06

rubenusb

Antigamente as revistas de eletrônica (sim, existiam) adoravam publicar matérias sobre tecnologias que mudariam o mundo, como a Bubble Memory da IBM. Isso serviu de rito de passagem para muita gente, quando percebemos que a maioria dos projetos nunca saía da fase de laboratório.

Hoje temos os mesmos projetos curiosos, mais uma Internet que vende, no melhor estilo Fantástico, a idéia de que qualquer pesquisa está a 15 dias de chegar na Fast Shop. A RRAM, RAM Resistiva está no meio do caminho pra isso.

Funcionando de forma diferente da memória capacitiva (explicação detalhada na Wiki) a RRAM é, em teoria, excelente substituta pra memória flash em pendrives, smartphones e SSDs. Só que como sempre há uma penca de problemas técnicos no caminho.

Agora a Crossbar diz ter resolvido esses problemas, e anuncia um chip com área bem menor que os convencionais, 20x mais rápida na escrita, 20x mais econômica em termos de consumo energético e com 10x a durabilidade dos chips NAND Flash normais.

São valores ousados, claro, e provavelmente exagerados, mas o calcanhar de Aquiles da tecnologia, e que me faz acreditar nos valores acima, é que embora a velocidade de gravação seja de 140 MB/s, a de leitura se limita a 17 MB/s. A latência (au au) é de 30 ns.

Sabem o que isso significa? BACKUP! Com a performance acima, e capacidade de enfiar 1 TB em um único chip, você pode levar toda sua vida digital em um chaveiro.

Dizem eles que os US$ 25 milhões de investimento que captaram foram bem usados, e conseguiram produzir chips RRAM em uma fábrica tradicional de semicondutores. Agora vão otimizar o design e tentar abocanhar parte desse mercado de US$ 60 bilhões.

Fonte: VB.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários