Meio Bit » Baú » Games » Activision lamenta pré-venda do Call of Duty: Ghosts

Activision lamenta pré-venda do Call of Duty: Ghosts

Activision revela que pré-venda do Call of Duty: Ghosts está abaixo do esperado e joga a culpa na mudança de geração.

06/08/2013 às 11:30

call-of-duty-ghosts

Nos últimos anos temos visto um fenômeno na indústria de games que talvez até merecesse um estudo, as vendas da série Call of Duty. Embora alguns tenham criticado, versão após versão, a franquia devido a falta de originalidade, as vendas parecem não ter sofrido tanto e mesmo que elas tenham encolhido com este ou aquele capítulo, podemos dizer que se mantiveram em níveis satisfatórios.

Quando novembro chegar e o CoD: Ghosts for lançado, há boas chances de que esse padrão – de reclamações e vendas - se mantenha, mas pelo menos por enquanto a situação tem sido um tanto preocupante para a Activision, conforme revelou o CEO da editora, Eric Hirshberg.

A pré-venda está bem abaixo do recorde estabelecido pelo Call of Duty: Black Ops 2 no ano passado,” afirmou o executivo. “A nossa pesquisa quantitativa com o consumidor indicou que a hesitação entre os compradores dos CoDs anteriores se dá principalmente por não saberem em que plataforma jogarão, o que é natural nessa época devido a transição de gerações.

Contudo, não só de notícias ruins vive a marca, pois de acordo com Hirshberg o número de pessoas jogando diária e mensalmente nunca foi tão alto, assim como a venda de DLCs e sem falar que a pré-venda do Ghosts é duas vezes maior do que a vista no primeiro Black Ops, última vez em que a empresa lançou uma sub-série para a franquia.

Quanto explicação dada por ele, de que o problema estaria na chegada de novos consoles, acho que faz sentido, já que muitos jogadores adorariam podem jogar com seus amigos e isso ainda serve para entendermos o motivo da Rockstar ter optado por lançar o Grand Theft Auto V apenas no Xbox 360 e PlayStation 3.

[via Joystiq]

relacionados


Comentários