Meio Bit » Baú » Miscelâneas » Twitter lança botão antiabuso após megatrollagem no Reino Unido

Twitter lança botão antiabuso após megatrollagem no Reino Unido

O Twitter anunciou em seu blog no último sábado que está introduzindo novas regras para combater a trollagem. A maior inovação é um botão para reportar abuso, que será implementado gradativamente em todas as versões mobile, assim como no site do serviço.

05/08/2013 às 15:15

Troll

O Twitter anunciou novas regras, incluindo um botão para reportar abusos instantaneamente, seguindo a onda de ataques perpetuados por trolls à jornalistas britânicos e ativistas que faziam uma campanha para usar a imagem de Jane Austen em notas de dinheiro.

O Twitter anunciou em seu blog no último sábado que está introduzindo novas regras para combater a trollagem. A maior inovação é um botão para reportar abuso, que será implementado gradativamente em todas as versões mobile, assim como no site do serviço.

Uma declaração explica o uso do botão:

Nós introduzimos um botão para reportar tweets individuais na última versão do aplicativo para iOS e na versão mobile do site. Não será mais necessário ir até o centro de ajuda para reportar abusos, eles poderão ser reportados diretamente de um Tweet. A partir do próximo mês, esse botão estará disponível também no aplicativo para Android e no Twitter.com

O Twitter promete também envolver mais pessoas no processamento das reclamações. Essa equipe seria responsável, entre outras coisas, contra o abuso dirigido contra alvos em particular, como enviar mensagens de múltiplas contas, criar contas para trollar e enviar ameaças.

As medidas vêm sido introduzidas seguindo um ataque de trolls no Reino Unido. 5 ativistas que fizeram uma campanha de sucesso para colocar a imagem de Jane Austen na nota de 10 Libras sofreram ameaças de bomba e estupro no Twitter.

Isso gerou um movimento na internet, condenando a falta de ação do serviço. Uma petição no Change.org pedindo pelo botão de abuso reuniu quase 130 mil assinaturas.

O Twitter respondeu à pressão com um pedido de desculpas do chefe da empresa no Reino Unido:

Twitter

Eu peço desculpas às mulheres que passaram por esse abuso no Twitter e pelo que elas tiveram que aguentar.

Resta saber quanto tempo demora para começar o abuso do botão antiabuso.

Fonte: RT

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários